destaque2

Bolsonaristas garantem feito inédito: a provável vitória de Lula nas eleições de 2022 no Acre

Published

on

O Bolsonarismo, ao que tudo indica, conseguiu um fato inédito no Acre: levar o eleitorado local preferir Lula em detrimento dos demais candidatos.
Embora o Acre seja um dos berços do petismo no Brasil, foi por causa de um comício aqui, em 1980, que Lula foi julgado, enquadrado na Lei de Segurança Nacional  e depois preso, Lula nunca ganhou uma eleição no Estado. Pelo contrário. Sempre perdeu de lavada
Até pra José Serra.
Eis que agora, três anos depois de Bolsonaro ter recebido 80% dos votos dos acreanos, proporcionalmente seu melhor resultado eleitoral, o acreano não se mostra satisfeito com seu governo.
A pesquisa da Federação das Indústrias do Acre (FIEAC), divulgada nesta segunda-feira, 13, mostra que na pesquisa espontânea, Bolsonaro tem 31,2% contra 28,9% de Lula, o que configura empate técnico.
Mas é na estimulada que o quadro muda. Nela Lula tem 34,9% da preferência dos votos contra 33,2% de Bolsonaro.
E não custa lembrar que o PT é o partido mais rejeitado pela população acreana.

Leia Também:  Funcionários do Estado do Acre devem se reapresentar em suas repartições com carteira de vacina atualizada

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Vasco supera a Ponte Preta em sua primeira vitória na Série B

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI