destaque2

Campanha em Plácido de Castro tem até tentativa de homicídio. Candidato de coligação rival procura Joana D´Arc

Published

on

Charqueiro também foi vítima de agressões físicas


O candidato a vereador pelo MDB, Lourival Soares, conhecido como “Lolô” em Plácido de Castro, sofreu duas tentativas de homicídio em menos de 40 horas. O candidato atribui os ataques a um cabo eleitoral que trabalha para o candidato a prefeito da chapa oposta, Camilo da Silva (PCdoB).
“Lolô” buscou ajuda da advogada e ativista Joana D´Arc, candidata do PSL à Prefeitura de Plácido de Castro, referência em Direitos Humanos no Acre.
O homem tentou registrar, em vão, um boletim de ocorrência na delegacia da cidade.
O agressor não gostou de uma crítica de Lourival, para quem a estrutura de campanha do seu candidato a prefeito seria inferior. Num primeiro momento, ele foi agredido com golpes de capacete. Em seguida, teve uma faca tipo peixeira apontada para sua direção, por volta de 9 horas em frente ao mercado público do município.
“Me informaram que o delegado estava recebendo a visita de um oficial da Polícia Militar. O sargento que me atendeu também minimizou a agressão que sofri. Acho isso um absurdo. A doutora Joana veio ajudar o povo placidiano. Digo isso por saber que ela não persegue ninguém, ao contrário de outros candidatos aqui”, declarou o candidato.
Em gravação enviada ao acjornal, “Lolô” relata outra agressão contra o candidato “Charqueiro”, da Vila Campinas, também por motivações político-eleitorais. “Somos rivais políticos, não inimigos. Isso não pode acontecer. Fui na delegacia e o escrivão me disse que não valia a pena, pois isso não daria em nada. Será que a visita de um oficial ao delegado deve parar tudo na delegacia”?, questiona ele, que se sente desprotegido e tem receio de sair de casa após tudo isso.
“Um absurdo que 24 horas desde a primeira agressão a polícia não tenha atendido esse cidadão. Isso é crime. Plácido de Castro não merece isso. E seus cidadãos não devem ficar refém do descaso.
Seguidores de Joana D´Arc nas redes sociais passaram a orientá-la a contratar segurança particular. A candidata disse que seguirá a campanha com a mesma simplicidade, sem dinheiro, mas em respeito total aos direitos da comunidade. E lamentou que, em plácido de Castro, tentem calar os adversários na base da violência e da intimidação.
“Ainda faltam 20 dias (para a votação) Só Deus sabe o que pode acontecer por aqui. Eu sigo falando com as pessoas e me cuidando como posso, mas não arredarei do meu direito de candidata e cidadão”, declarou.
Joana enviou uma denúncia ao delegado, pedindo providências.
 

Leia Também:  Acorda, Neném Junqueira! Gestor da Secretaria de Produção, irmão de prefeito, faz farra com caminhonete do governo

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Jornalista assume assessoria da cultura, esporte e lazer em Rio Branco

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI