destaque2

Campeã de votos em Rio Branco deve disputar Câmara Federal pelo MDB

Published

on

Ex-prefeito, ex-governador, ex-senador e deputado federal no quarto mandato, o presidente do MDB no Acre, Flaviano Melo, de besta não tem nada.
Enquanto muitos dirigentes de partido lutam para  montar suas chapas proporcionais de 2022 com nomes de força  e voto, sem muito sucesso,  Flaviano, sem alarde e sem brigar com ninguém, vai montando uma estrutura forte.
No início de novembro ele esteve reunido com a vereadora Michelle Melo, médica, a mais votada da capital, e que pode compor o MDB em 2022. Ela é uma das muitas lideranças que, com a crise interna dos partidos que apoiam o governo estadual, tem se distanciado dos brigões e abraçado composições mais discretas como a de Flaviano.
Michelle mira uma das 8 vagas do Acre na Câmara Federal.
Paralelo a isso, Flaviano segue o caminho do pai, Raimundo Melo, que no início dos anos 1980 o trouxe a Rio Branco para ser candidato a prefeito, colocando e apresentando o filho Leonardo Melo como seu sucessor político.
“Quando se pensa que o Flaviano tá morto politicamente, ele mostra que segue firme e forte e mostra que não vai perder o espaço como liderança com facilidade”, afirma um amigo de Flaviano que o acompanha nas viagens ao interior.

Leia Também:  Deputado Alan Rick visita secretário Mauro Sérgio e reforça compromisso com a Educação no Acre

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Falta de água tratada vai até sexta, em Rio Branco. Veja os bairros afetados

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI