destaque2

Destemperado, sargento da PM do Acre será denunciado por chamar manifestantes de “viados e maconheiros”

Published

on

O sargento Isaias Britto, da Polícia Militar do acre, será denunciado na Corregedoria, na próxima segunda-feira, por ter chamado de “viados e maconheiros” aqueles que participaram de um ato público pela vacinação e pelo Impeachment do presidente Jair Bolsonaro.
“Manifestação contra Bolsonaro só tinha maconheiro e viado”, postou o militar no Facebook, referindo-se ao ato ocorrido na tarde deste sábado, em Rio Branco.
O ativista político Francisco Panthio reagiu na postagem, afirmando que tomará providências contra o sargento. “Vamos te levar na corregedoria e lá você poderá provar suas afirmações”.
Um grupo se mobiliza para cobrar punição ao militar, que pertence ao grupo político do vice-governador, Major Rocha, e foi exonerado de uma diretoria do Detran, no ano passado, por afirmações inconsequentes contra a hierarquia de governo.
 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Veja a pancadaria na audiência sobre a venda da Eletrobrás Acre após presidente chamar servidores de vagabundos
Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. Antonio Francalino Da rocha

    23 de janeiro de 2021 at 9:58 pm

    Só dessa forma a manifestação tem alguma notoriedade 1

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Bestene comemora aprovação do Auxílio do Bem: "para o bem de quem mais precisa!

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI