destaque2

Festival de viagens na Câmara de Rio Branco: chegou a vez de Lene Petecão, Artêmio e mais quatro

Published

on

Ao término da atual legislatura vigente em Rio Branco, os vereadores podem até não se reeleger, mas estarão “preparados e qualificados para o mercado de trabalho”.
Este é o início de legislatura com maior número de viagens de parlamentares e assessores para atividades fora da capital Rio Branco.
Quase 100% dos atuais políticos já fez ao menos uma viagem para cursos e eventos fora do estado, isso levando em conta que estamos em um ano com muitas restrições e dificuldades.
A edição do diário oficial do estado é a prova de um festival autorizações do presidente da Câmara de Vereadores N. Lima (PP).
Chegou a vez da vereadora Lene Petecão (PSD) e de mais cinco assessores da casa, para um curso de capacitação sobre controle interno.
O curso será realizado na cidade de São Paulo – SP e a vereadora receberá pela viagem seis diárias e meia, totalizando um valor de R$ R$ 6.107,0, fora as passagens que também são pagas pelo parlamento.
Já os servidores receberão cada um R$4.179,5 mais passagens de ida e volta. Entre os membros da comitiva está o ex-vereador Artêmio Costa, que já foi inclusive presidente da Câmara de Rio Branco e hoje é comissionado da mesa diretora.
Os servidores que farão a viagem em São Paulo são: Artêmio Lima da Costa, Marlene Maia de Lima, Samara de Queiroz Gomes, Francisca Sônia da Silva e Maria Luiza Afonso.
O curso “Controle Interno no Município”, será realizado pela empresa Capacitação e Treinamento na cidade de São Paulo – SP no período de 16 a 20 de novembro. O curioso é que esse mesmo curso é oferecido na modalidade On-line por diversas empresas, mas pelo visto o bom mesmo é viajar e desfrutar da estadia na maior cidade do País.
 

Leia Também:  Militar de 65 anos morre de forma trágica em Rio Branco: vídeo

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Militar de 65 anos morre de forma trágica em Rio Branco: vídeo

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI