destaque2

Gladson recupera convênio perdido na era PT e polícia Civil terá mais 5 mil pistolas

Published

on

Um dos convênios já vencidos, que o governador Gladson Cameli conseguiu resgatar nesta semana junto ao Ministério da Justiça trata da liberação de recurso para a compra de 5 mil pistolas para a Policia Civil.
O aporte de 5,7 milhões é proveniente de um convênio que havia sido cancelado.
O recurso será empenhado novamente, atendendo ao pedido do governador acreano ao próprio ministro Anderson Gustavo Torres.
A previsão é que até o final deste ano o trâmite burocrático para liberação do recurso seja todo concluído e o processo de licitação finalizado para aquisição das armas.
As pistolas são de calibre 9 milímetros e serão distribuídas aos destacamentos da Policia Civil nos 22 municípios acreanos para acautelamento dos agentes e uso diário nas operações de combate à criminalidade.
A renovação do armamento da Policia Civil do Acre é uma reivindicação antiga dos agentes e por descuido burocrático do governo passado o convênio para liberação do recurso havia sido cancelado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Desvio de R$ 1.8 milhão da Covid em CZS: jornalista do Juruá em Tempo é preso pela Polícia Federal
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Governo garante assistência a famílias atingidas por nova enchente em Tarauacá

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI