destaque2

Médicos são homenageados em sessão solene na Aleac

Published

on

Na manhã desta segunda-feira (18) foi realizada no Plenário da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), uma sessão solene em homenagem ao dia do médico. A solenidade ocorreu a pedido do deputado Jenilson Leite (PSB), que convidou os profissionais da Saúde que atuaram na linha de frente no combate à Covid-19 no Estado.
Jenilson Leite, que presidiu a sessão, iniciou seu discurso parabenizando os médicos e destacando a importância deles para a sociedade. Disse, ainda, que o momento serve também para pedir maiores investimentos na saúde e garantia de condições adequadas de trabalho.
“Minha saudação aos médicos e seus familiares presentes neste momento tão importante. A classe médica e demais servidores de Saúde enfrentaram um grande desafio no período mais difícil da pandemia e eu reconheço o esforço de cada profissional. O trabalho de cada um dos senhores não tem preço, pois proteger a vida é algo imensurável. Foram os principais soldados na guerra para combater um vírus tão perigoso. Perdemos muitos colegas que ficaram expostos ao coronavírus para cuidar de outras pessoas. É fundamental o reconhecimento dos senhores”, enalteceu.
O promotor Gláucio Ney Shiroma enalteceu o papel exercido pelos médicos durante a pandemia. “Passamos por um período de muitos desafios e vocês merecem nossos aplausos por todo esforço e dedicação. Alguns dos senhores certamente já nasceram com um talento, outros foram aprimorando com o tempo. Costumo dizer que o médico que só exerce a medicina não é completo, mas aqueles que como vocês agem com humanidade, abrilhantam essa profissão tão digna. O Ministério Público rende todas as homenagens a vocês”.
A presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado, Dra. Leuda Maria, externou sua gratidão pelo reconhecimento e pediu um minuto de silêncio dedicado aos profissionais de Saúde que perderam a vida durante a pandemia. “Nossa eterna gratidão pelo trabalho de vocês, não só na pandemia, mas todos os dias. Esse período serviu para evidenciar nosso trabalho, pois nós somos essenciais todos os dias. É uma imensa responsabilidade conduzir o CRM e tenho buscado fazer isso com muita lisura, contribuindo para que as condições de trabalho dos médicos seja a melhor possível. Agradeço a todos que contribuíram na minha formação, para que eu pudesse ser quem sou hoje”.
Paula Mariano, atual secretária de Saúde do Estado, falou sobre a rotina exaustiva que os médicos possuem. Ela enalteceu o trabalho desses profissionais, que ficaram ainda mais evidenciados durante a pandemia. “Agradeço a Deus pela vida, por estarmos aqui e pelo dom da medicina. Nossa rotina não é fácil e isso ocorre desde o momento em que escolhemos essa profissão. Registro meus parabéns a todos os colegas presentes, vejo alguns do interior também, minha gratidão. Nossa vida mudou completamente durante a pandemia, mas o importante é que tiramos muito aprendizado disso. Trabalhamos em conjunto e essa união que fez e faz a diferença na vida das pessoas. São muitos os desafios, mas nós temos continuamente tentado fazer o melhor”.
O deputado Jenilson Leite recebeu o certificado de Honra ao Mérito, pelos serviços prestados por ele como médico. Além dele, outros profissionais também receberam a honraria. A mesa de honra da solenidade contou com a participação da secretária de Saúde do Estado, Dra. Paula Mariano, da presidente do CRM/AC, Dra. Leuda Maria, o presidente do SINDMED, Dr° Guilherme Pulici, do titular da Promotoria Especializada de Defesa da Saúde, Dr° Gláucio Ney Shiroma, vice-presidente da Unimed, Dr° Marcus Vinícius Shoiti, presidente da Academia Acreana de Medicina, Dr. Amsterdã e da presidente da Associação dos Médicos do Acre, Dra. Jene Greice.
Também participaram da sessão os deputados: José Bestene (PP), Marcus Cavalcante (PTB), Jonas Lima (PT), Daniel Zen (PT) e Roberto Duarte (MDB)
Andressa Oliveira/ Agência Aleac
Revisão: Suzame Freitas

Leia Também:  Melatonina: médicos afirmam que uso do hormônio 'saiu do controle’

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  PCdoB lamenta morte de ex vereador e pastor da Assembléia de Deus Madureira

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI