destaque2

Tchau, Tchê: delegado Emylson Farias assume o PDT no Acre com a missão de “inovar”

Published

on

A partir do dia 12 deste mês o Partido Democrático Trabalhista estará sob nova direção no Acre depois de décadas sendo comandado pelo deputado Luiz Tche e seu grupo político.
O novo presidente do PDT acreano será o delegado de Policia Civil Emylson Farias, ex-secretário de Segurança Publica, que na eleição de 2018 foi candidato a vice-governador na chapa encabeçado pelo engenheiro civil Marcus Alexandre, do PT.
O diretório estadual do partido de Ciro Gomes no Acre planeja um grande evento, com ato de filiações para celebrar a alternância de poder no comando da sigla.
Luiz Tche repassa a presidência estadual do PDT ciente de que o partido precisa se inovar.
O deputado  deve se afastar do partido para se dedicar exclusivamente ao mandato de deputado estadual e buscar a reeleição.
Segundo uma fonte do ACjornal dentro do PDT, Emylson Farias assume o diretório estadual com a missão de articular novas alianças políticas para as eleições deste ano e colocar o partido em posição de destaque na composição das eventuais coligações.

Leia Também:  Nomeados os assessores parlamentares da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul; Lista por gabinete

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Trans acusa assistente social Carlos Gomes por agressão; polícia investiga suposta transfobia e misogenia

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI