destaque2

 Violência: após matar a esposa, marido comete suicídio em Sena Madureira

Published

on

Uma briga em casal terminou de forma trágica em Sena Madureira. A jovem Dalaesse Maria Lima dos Reis foi assassinada a facadas pelo próprio marido. O crime aconteceu na residência do casal localizada no Bairro Gonçalves, por volta das 2 horas da madrugada desta terça-feira, 19,.  Após matar a esposa Rogério Tamaru foi para uma propriedade rural, localizada na BR-364, entre Sena Madureira e Manoel Urbano, e cometeu suicídio. O casal deixa um filho de 2 anos.
Ao lado do corpo de Rogério Tamaru , 25 anos, populares localizaram um resolver, dando a entender que ele teria cometido suicídio depois de esfaquear a companheira na cidade e ter fugido para a zona rural.
Mas a versão para o caso levanta outras hipóteses pelo fato dele não ter usado a mesma arma de fogo, com a qualquer teria tirado a própria vida, para matar, também, a mulher.
Até a publicação dessa matéria, a redação do ACjornal ainda não tinha conseguido contato com o delegado de Policia de Sena Madureira para obter mais informações, oficiais, sobre o caso.
Um investigador da policia civil local declarou que a linha de apuração do crime se norteia na possibilidade do marido ter matado a esposa e depois cometido suicídio.
 

Leia Também:  Enquanto todos pedem voto , coronel Ulysses turbina o bumbum e sensualiza no Instagram

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  Jornalista, marido de candidata a prefeita, ganha cargo na Secom

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI