BRASIL

Kalil é oficializado pelo PSD como candidato ao governo de MG

Published

on

Ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD)
Reprodução: commons – 11/05/2022

Ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD)

Em convenção na manhã deste domingo (24), o PSD confirmou o lançamento da candidatura do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) para o governo de Minas Gerais. Kalil conta com o apoio do ex-presidente Lula . Seu principal oponente é o atual governador, Romeu Zema (Novo), que tenta a reeleição.

Durante o evento, foi exibido um vídeo com uma fala de Lula em apoio a Kalil, e petistas discursaram no palco. Em seu discurso, o ex-prefeito citou o incentivo que recebeu de Lula para se candidatar ao governo. Sem criticar abertamente Bolsonaro ou Zema, disse que não se pode governar para “três ou quatro bilionários”, em referência ao financiamento do partido Novo.

“Nós esperamos sempre a maldade dos maus. É o que podemos esperar dessa eleição.”

O candidato ao Senado na chapa de Kalil será Alexandre Silveira (PSD). Ele assumiu uma cadeira como senador em dezembro do ano passado, após Antonio Anastasia se tornar ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Na convenção deste domingo, foi oficializado também o nome de André Quintão (PT) como candidato a vice-governador de Kalil.

Leia Também:  SC: ventania tomba caminhão na Serra do Rio do Rastro; veja o vídeo

Em convenção do PT estadual na manhã deste domingo, também em Belo Horizonte, o partido formalizou o apoio ao ex-prefeito. O PV e o PCdoB, que formaram uma federação com o PT nacionalmente, fazem parte da chapa.

Zema está à frente nas pesquisas. A última pesquisa Datafolha mostra que Kalil ainda não conseguiu atrelar sua imagem à do ex-presidente petista, já que o atual governador lidera as intenções de voto mesmo entre os apoiadores de Lula.

Neste sábado (23), o Novo confirmou a candidatura de Zema em reunião em Belo Horizonte. Em seu discurso, ele não citou nem Lula nem Bolsonaro. Ele tenta se equilibrar e buscar votos entre apoiadores dos dois líderes da corrida presidencial.

Fonte: IG Nacional

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

BRASIL

Rock in Rio estima receita acima de US$ 158 milhões

Published

on

O Rock in Rio, que será realizado de 2 a 11 de setembro no Parque Olímpico, está agitando o setor turístico da cidade do Rio de Janeiro. O Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB) estimou hoje (16) em US$ 158,48 milhões a receita do evento, com a geração de US$ 7,924 milhões de Imposto sobre Serviços (ISS) para a economia do município. Os cálculos são baseados no gasto médio per capita (por indivíduo) com despesas de hospedagem, alimentação, transporte no Brasil, compras pessoais e turismo na cidade.

Assim como nas edições anteriores do festival, a rede hoteleira estima ocupação total de 100% dos leitos nos empreendimentos localizados no entorno do evento. Os demais segmentos do setor de turismo também deverão ser beneficiados com a realização dos shows, uma vez que os turistas aproveitam a oportunidade para conhecer a cidade.

“O Rock in Rio já se consolidou como um dos maiores festivais do mundo e se tornou, junto com o réveillon e o carnaval, um dos principais eventos do Rio de Janeiro, gerando impacto positivo para a cidade como um todo”, disse a diretora executiva do Rio Convention & Visitors Bureau, Roberta Werner, que está otimista com a realização do festival depois de uma pausa de três anos. “Por isso, trabalhamos constantemente para captar novos eventos para a cidade, a fim de movimentar o turismo ao longo de todo o ano”, afirmou.

Leia Também:  Viúva de Bruno e líder indígena denunciam governo e FUNAI por descaso

O secretário municipal de Turismo do Rio, Antônio Mariano, destacou a vocação natural do município para grandes eventos. “E o Rock in Rio é prova disso. Depois de três anos, vamos receber centenas de milhares de turistas, querendo ver o maior festival de música do mundo. Um evento dessa magnitude, que carrega nossa marca no próprio nome, tem o enorme potencial de promover ainda mais o Rio, levantar a autoestima do carioca e girar a roda da economia com a geração milhares de empregos.”

Também o Aeroporto Internacional Tom Jobim/RIOgaleão, parceiro do Rio CVB, espera incremento em torno de 22 mil passageiros no período de 1º a 15 de setembro, com base nos voos previstos até o momento. O aumento será de 11% em relação à primeira quinzena do mês anterior. No total, são esperados 133 voos extras para o período, reforçando rotas já existentes, como São Paulo, Maceió e Recife, e adicionando três novos destinos: Curitiba, Florianópolis e Salvador.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI