BRASIL

Maio deve antecipar o período de neve no Sul do país; entenda

Published

on

source
Geada no Brasil
Reprodução: Flickr – 12/05/2022

Geada no Brasil

Com o frio atípico no mês de maio, moradores das serras Gaúcha e Catarinense podem esperar neve a partir da próxima semana . O fenômeno, que geralmente acontece nos meses de junho, julho e até meados de agosto, deve se adiantar e a expectativa para os meteorologistas é de que possa nevar a partir da próxima terça-feira, dia 17.

Apesar do inverno só começar no final de junho, a chegada de uma massa polar e uma frente fria vão coincidir com a passagem de um ciclone extratropical, que ficará estacionado no Oceano Atlântico por alguns dias. Com isso, as temperaturas sofrerão queda em várias regiões do Brasil.

O fenômeno é resultado dessa fusão da massa de ar frio esperada para os gaúchos e catarinenses com a umidade gerada pelo ciclone no oceano. No ano passado, pelo menos 15 cidades do Rio Grande do Sul registraram neve, em um volume considerável.

“São cidades que já tiveram neves, cidades da serra gaúcha e catarinense, principalmente São Joaquim, Morro da Igreja, que são cidades típicas. Em relação aos outros anos, a neve acontecia nos meses de junho, julho, então seria adiantada em relação ao que a gente teve no ano passado. O mês promete ser uma temporada boa de frio, mas a gente sempre chama atenção para as pessoas mais vulneráveis, porque as temperaturas podem causar hipotermia, principalmente para as pessoas em situação de rua”, ressalta o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Franco Villela. São esperadas geadas em estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Os mineiros e os paulistas também sentiram o frio. Há possibilidade de geadas também no sul de Minas Gerais, principalmente na Serra da Mantiqueira, em alguns pontos de São Paulo e em Mato Grosso do Sul.

Leia Também:  Vídeo: jornalista se assusta ao ser atingida por faíscas de poste

Nessas regiões, os termômetros poderão cair em torno de 10 °C, deixando muitas capitais em alerta para possíveis marcas de menores temperaturas do ano.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram   e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

BRASIL

Liminar suspende audiência de cassação de vereador do PT de Curitiba

Published

on

source

Na manhã desta quinta-feira (19), a defesa do vereador Renato Freitas (PT), Curitiba, apresentou liminar que suspende a votação da cassação de seu mandato.  

O vereador havia apresentado ainda pela manhã um pedido de anulação do processo de quebra de decoro ético disciplinar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), mas o pedido foi rejeitado pelos vereadores por 5 votos a 1.

Com a liminar, a votação que estava marcada para as 13h foi cancelada. O documento cita um suposto e-mail recebido por Freitas com mensagens de teor racista e que teria sido enviado por uma conta e-mail oficial da Câmara pelo gabinete de outro colega vereador, Sidnei Toaldo (Patriotas).


O e-mail segue com ofensas absurdas como “vamos branquear Curitiba e a região Sul, queria você ou não seu negrinho. Volta para senzala”.

Leia Também:  Vídeo: jornalista se assusta ao ser atingida por faíscas de poste

Baseado na denúncia, a liminar judicial suspende a sessão que julgaria a cassação do mandato do parlamentar. A magistrada sustenta possível violação ao devido processo legal. Patrícia de Almeida Gomes Bergonese, da 5ª Vara da Fazenda Pública, diz que “mais da metade dos membros do Conselho de Ética teriam revelado antecipadamente seus votos com o intuito de cassar o mandato de Freitas”.

A liminar visa investigar quem enviou o material e se esse conteúdo recebido por Freitas é verídico. A juíza cita também “parcialidade e interesse do Relator do Conselho, vereador Sidnei Toaldo, no resultado do processo”.

Renato Freitas (PT) está sendo julgado por quebra de decoro parlamentar por ter supostamente invadido uma igreja durante a participação de protestos contra racismo no dia 5 de fevereiro no centro de Curitiba. 

A Arquidiocese de Curitiba se manifestou favorável à medida disciplinar da Câmara mas sugeriu que não fosse adotada a cassação do mandato do vereador. 

A Câmara informou que acatou decisão da justiça estadual e não tem previsão de quando a sessão será retomada.  

Leia Também:  Jovem morre de “velhice” após completar 18 anos. Entenda

 

Entre no canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o perfil geral do Portal iG.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI