Carros e Motos

Julho tem a maior produção desde novembro de 2020, segundo Anfavea

Published

on


No acumulado do ano, produção de 2022 está com alta de 3,7%, mas as vendas seguem com baixa de 12%
Divulgação

No acumulado do ano, produção de 2022 está com alta de 3,7%, mas as vendas seguem com baixa de 12%

Apesar da crise de abastecimentos de insumos na indústria automotiva mundial, principalmente o de semicondutores, tendo como conseqüência a paralisação momentânea de quatro fábricas ao logo do mês, julho foi o mês que teve o nível mais alto de produção desde novembro de 2020.

De acordo com a Anfavea, foram produzidas 218.950 unidades, alta de 7,5% sobre junho e de 33,4% sobre julho de 2021, quando a crise global dos semicondutores surpreendia a indústria em geral. No acumulado do ano, as 1,3 milhão de unidades produzidas já estão no mesmo patamar dos sete primeiros meses do ano passado.

“Havia, e ainda há, muitos veículos incompletos nos pátios das montadoras, apenas à espera de determinados itens eletrônicos. Eles só entram na estatística de produção quando são todo finalizados, o que vem ocorrendo com mais frequência, e isso explica essa melhora no fluxo de produção nos últimos três meses”, explicou o Presidente da Anfavea, Márcio de Lima Leite.

Leia Também:  Renda cai e famílias consomem parcela maior da poupança

Ainda de acordo com o executivo da entidade, há ainda restrições de insumos e logística , como mostram estas paralisações, mas a boa notícia é que em vista do ano passado, neste ano há maior recebimento de semicondutores e do que no primeiro trimestre deste ano.

Quanto às vendas, julho teve 181.994 unidades (+ 2,2% sobre o mês anterior e de +3,7% sobre julho de 2021), segundo melhor mês do ano, atrás só de maio. Mas, por dia útil, o mês teve a maior média de 2022 (8,7 mil licenciamentos diários, ante 8,5 mil de maio e junho). No acumulado, a defasagem ainda é de 12%, com 1,1 milhão de emplacamentos.

Na exportação, por sua vez, foram contabilizadas 41,9 mil autoveículos , 11,4% a menos que em julho e 76,3% a mais que em julho de 2021. No total do ano, o volume de 288 mil unidades supera em 28,7% o resultado de igual período do ano passado.

Após três meses seguidos de alta, julho teve um pequeno recuo, mas, ainda assim, está num bom patamar quando se fala em exportação e, sendo assim, merece atenção, devido à crise financeira na Argentina, cujo governo vem limitando a saída de dólares do país: a Argentina responde por 30% dos embarques de veículos nacionais.

Leia Também:  Eduardo Cunha declara patrimônio cinco vezes maior do que em 2014

A boa notícia é que no início deste mês de agosto, passou a vigorar a nova etapa de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a categoria de automóveis de passageiros cuja redução de 18,5% foi para 24,75% sobre as alíquotas praticadas antes da primeira redução, do dia 1º de março.

“Agosto é um mês importante com a inclusão dos automóveis de passageiros na nova etapa do IPI , que passou a vigorar desde o início deste mês. Foi uma decisão sensata do governo federal, em especial do Ministério da Economia”, declarou Márcio de Lima Leite.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Carros e Motos

Raro Porsche 911 Speedster pode ser vendido por mais de R$ 1,6 milhão

Published

on


Este Porsche 911 Speedster 1989 foi fabricado apenas em 1989 e teve apenas 832 unidades feitas só para os EUA
Divulgação

Este Porsche 911 Speedster 1989 foi fabricado apenas em 1989 e teve apenas 832 unidades feitas só para os EUA

Com preço estimado entre US$ 275 mil e US$ 325 mil, o equivalente a pouco mais de R$ 1,4 milhão e 1,6 milhão em conversão direta, um raríssimo Porsche 911 Speedster de 1989 na cor ‘Grand Prix White’ ou ‘Branca Grand Prix’ será leiloado pela RM Sotheby’s no próximo dia 19 de agosto.

Para todos os ‘Porscheiros’, o Speedster nada mais é que o suprasumo dos 911, um culto entre colecionadores do mundo inteiro cuja produção ocorreu em janeiro de 1989 e destinada apenas ao mercado dos EUA. O conversível foi idealizado e inspirado no como uma homenagem ao icônico 356.

Só para se ter uma ideia da raridade, o esportivo alemão que utilizava a base do 930 Turbo Cabriolet da época e, de acordo com a Porsche, foram fabricadas apenas 832 unidades , cuja principal diferença estética está no para-brisa menor e na capa rígida que encobre a capota de lona de acionamento manual.

Leia Também:  Ao menos 373 casos de abusos em hospitais foram denunciados desde 2020

Tal inspiração deu tão certo para a marca que a Porsche aproveitou o sucesso e fez outras variantes para outros modelos mais recentes com o Boxster Speedster pintado na mesma tonalidade e nos mesmos propósitos e características, porém espalhado para outros mercados, incluindo o brasileiro.

No caso específico deste 911, segundo a organização da casa de leilões RM Sotheby’s, ele foi à época encomendado com mais de US$ 6.000 em extras opcionais. Estes incluem um rádio Blaupunkt, banco do motorista elétrico, banco do passageiro com ajuste de altura, diferencial de deslizamento limitado, compartimento de armazenamento traseiro e uma alavanca de câmbio mais curta.

Por dentro, o 911 Speedster conta com o couro Can Can Red que obviamente foi bem conservado ao longo dos anos e parece estar em excelentes condições. Complementando o couro estão os tapetes Can Can Red e a alavanca de câmbio. Enquanto isso, o painel tem acabamento de couro preto.

Leia Também:  Euro fica abaixo de US$ 1 pela primeira vez desde 2002

A listagem acrescenta que o carro passou por um grande serviço em 2020 que custou US$ 5.891 (R$ 30.397) e incluiu manutenção no motor, caixa de câmbio, freios e sistemas de combustível. Uma nova bateria também foi instalada, assim como quatro pneus novos.

Se você gostou da raridade da Porsche , a RM Sotheby’s leiloará o carro em 19 de agosto de 2022. Então prepara as economias, junte os amigos e familiares para ficar na torcida e dê o seu lance. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI