Carros e Motos

Kawasaki terá motos elétricas baseadas nos modelos Z125 e Ninja 125

Published

on


Kawasaki EV Project: marca japonesa também se rende à nova era da eletrificação com novos modelos nos planos
Divulgação

Kawasaki EV Project: marca japonesa também se rende à nova era da eletrificação com novos modelos nos planos

A era da eletrificação aos poucos está abocanhando o segmento das motos e nem mesmo os modelos de apelo emocional estão escapando da tecnologia que veio para ficar.

Uma prova desta teoria está no anúncio feito no final de 2021 pelo CEO da Kawasaki, Hiroshi Ito, confirmando que 2022 seria o ano em que a empresa entraria no mercado de motos elétricas .

A Kawasaki é uma das marcas mais tradicionais e que agora vem investindo cada vez mais em projetos voltados para a eletromobilidade. Documentos publicados no site da National Highway Traffic Safety Administration nos EUA reforçam que a empresa japonesa vem trabalhando em duas motos elétricas para 2023 de codinome ‘NX011AP’ e ‘NR011AP’.

Leia Também:  Golf R 20 Years Edition torna-se hatch mais potente da história da VW

A designação segue o padrão usual da Kawasaki, com ‘X’ no segundo lugar usado para denotar uma moto esportiva e ‘R’ para um roadster nake (sem carenagem), mas o ‘N’ inicial é novo e significa ‘Elétrico’ no protocolo de nomenclatura da Kawasaki.

De acordo com o documento no site da NHTSA cada um deles produzirá 11kW (15cv) , e pelas imagens, serão máquinas mecanicamente idênticas, diferenciando-se apenas por uma ser carenada e outra sem carenagens (naked), nos moldes da Z125 e da Ninja 125 , mas com energia elétrica.

Os nomes dos modelos de showroom ainda não são conhecidos, mas a Kawasaki já registrou os títulos Ninja E2 e Ninja E2-R. Tudo será revelado na íntegra ainda este ano, provavelmente na feira EICMA de novembro em Milão , onde o protótipo elétrico apareceu pela primeira vez três anos atrás.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Carros e Motos

BMW aumenta opções de motorização híbrida para o SUV X1

Published

on

Nova geração do BMW X1 foi lançada em junho de 2022 e passa a linha expandida pela fabricante
Divulgação

Nova geração do BMW X1 foi lançada em junho de 2022 e passa a linha expandida pela fabricante

Além do lançamento do SUV XM, a equipe de desenvolvimento da BMW apresenta novas opções de motorizações para a série diversos modelos da linha 2, X1, e anuncia uma versão mais básica do elétrico i4.

O BMW Serie 2 ganhou uma nova versão de entrada, a 216i, que é equipada por um motor 1.5 litro, de três cilindros, que gera 120 cv e 23,4 kgfm de torque.

A linha do BMW X1 recebe duas novas opções de motores, a xDrive 25e e xDrive30e, ambas híbridas. A primeira oferece 242 cv, aceleração de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e 92 km de autonomia no modo elétrico.

A versão xDrive30e oferece 322 cv de potência, e acelera de 0 aos 100 km/h  em 5,6 segundos, porém, o alcance no modo 100% elétrico cai para 90 km.

Leia Também:  Toyota reduz preços de Corolla Cross e sedã

As versões Mild Hybrid também ganharam duas novas versões, ambas de tração exclusivamente dianteiras: a sDrive20i que oferece 168 cv, enquanto a Europa recebe a versão a diesel xDrive 20d de 161 cv.

Além disso, a BMW ainda anunciou que versão eDrive35, a mais simples do  sedã elétrico BMW i4 começará a ser vendido nas próximas semanas na Europa e a partir do início de 2023 nos Estados Unidos.

Nova opção mais em conta na linha do BMW i4  torna o sedã elétrico mais atraente no mercado
Divulgação

Nova opção mais em conta na linha do BMW i4 torna o sedã elétrico mais atraente no mercado

A nova versão oferece apenas um motor elétrico, posicionado sobre o eixo traseiro. Essa motorização entrega 281 cv e 40,7 kgfm de torque, com cerca de 400 km de autonomia . A nova versão partirá de US$ 52,395 no mercado norte-americano (R$280 mil na conversão direta). Vale lembrar que a BMW já confirmou que irá oferecer o i4 no Brasil, mas não há mais detalhes sobre quais versões virão para o país.

O BMW Serie 1 e o Serie 2 Gran Coupé ainda irão receber chave digital, ar-condicionado de duas zonas, bancos elétricos, head-up display , carregador de telefone sem fio, e faróis adaptativos em LED.

Leia Também:  MINI projeta que 60% de suas vendas no ano sejam de eletrificados

O sistema de chaves digitais permitem abrir o carro com um telefone cadastrado, e agora também estará disponível a funcionalidade de cronômetro para uso em circuito.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI