Carros e Motos

Opala Diplomata: sinônimo de requinte

Published

on

source


Opala Diplomata de 1989 está em perfeito estado de conservação e foi um dos ícones do luxo sobre quatro rodas
Renato Bellote

Opala Diplomata de 1989 está em perfeito estado de conservação e foi um dos ícones do luxo sobre quatro rodas

O começo da década de 90 trouxe ao Brasil o retorno dos automóveis importados. Sonho de consumo, naves, carros de outro mundo. Essa era a impressão geral dos brasileiros durante o período que compreendeu os anos de 1976 a 1990. Eles podiam ser vistos apenas em revistas e nas aguardadas edições do Salão do Automóvel.

Mas vamos voltar no tempo. Na década de 60 o mercado pedia modelos mais luxuosos. Havia uma demanda por eles. Alguns deles se encaixavam como Simca Chambord e Aero-Willys para suprir essa necessidade. Mas o brasileiro queria algo novo e mais moderno. E a Chevrolet viu no Opel  Rekord a possibilidade de trazer algo diferente.

Leia Também:  Triumph inicia pré-venda do novo modelo Tiger 1200

Por aqui o estilo, especialmente da parte dianteira, foi redesenhado para o gosto do consumidor local. E ao invés da mecânica europeia, foram utilizados motores dos Estados Unidos, com quatro ou seis cilindros.

A década de 70 viu o surgimento da versão SS , uma reestilização bem-vinda e também a chegada do lendário motor 250-S , com o som característico das válvulas. Mas no começo da década de 80 a marca resolveu lançar o seu trunfo para o mercado de luxo: a versão Diplomata .

O exemplar da matéria é de 1989. Um ano antes ele havia passado por uma reestilização visual e ficou com um design mais jovem e bem ajustado às necessidades do mercado naquele momento.

O interior se destaca pela cor preta. Podemos dizer que é até um pouco pesado, porém exala comodidade. Entrar em um desses Opalas é como voltar no tempo e se sentir quase em casa. Não me pergunte como, mas a marca sabia fazer isso de uma maneira especial.

Nessa época, o motor de seis cilindros e 4,1 litros estava um pouco mais amansado ( 135 cv ). Mas o torque de 29 kgfm é um de seus diferenciais e faz com que andar em um deles seja algo extremamente prazeroso.

Leia Também:  Caoa Chery Tiggo 8 ganha série limitada com itens exclusivos

O silêncio desse conjunto em funcionamento merece aplausos, tanto que alguns anos antes até mesmo o maestro Diogo Pacheco ilustrou uma famosa propaganda da versão Diplomata , uma das ideias brilhantes da publicidade brasileira.

Uma característica interessantíssima diz respeito ao câmbio automático, da renovada marca alemã ZF .  São quatro marchas  e o funcionamento bastante suave. As trocas são confortáveis e combinam com a versão. Vale lembrar que essa mesma caixa também era utilizada pela Jaguar na época. Em outras palavras, tínhamos algo de primeiro mundo.

O Opala passaria por mais uma mudança antes de se aposentar com todas as honras e méritos merecidos. Sem dúvida nenhuma ele tem um lugar especial na história da Chevrolet no Brasil, na indústria automobilística nacional e também no coração de milhares de brasileiros em 25 anos de história.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Carros e Motos

Empresa norte-americana faz casa dos sonhos sobre rodas por R$ 400 mil

Published

on

source


A Casa Móvel da Tru Form Tiny pode ser projetada de acordo com o gosto e necessidade de cada um
Divulgação

A Casa Móvel da Tru Form Tiny pode ser projetada de acordo com o gosto e necessidade de cada um

Se você é um daqueles que detesta rotina e pagaria um preço alto só para  acordar e ver que tudo a sua volta está diferente da sua última noite de sono, a ideia é pensar em adquirir um trailer, ou melhor, uma casa móvel personalizada da Tru Form Tiny.

A companhia, situada na cidade estadunidense de Eugene, no estado de Oregon, é um desses exemplos que busca incorporar cada detalhe que o cliente quiser, seja uma casa com três ou quatro quartos, um loft, uma cozinha ampla… Tudo vai depender da necessidade do cliente.

Nos Estados Unidos, por exemplo, existem inúmeras empresas especializadas como a Tru Form Tiny em oferecer este estilo de vida e para quem está disposto a adquirir uma casa móvel como essa, o que importa é oferecer todo o conforto e a necessidade de uma casa convencional.

Leia Também:  BMW divulga imagens de X1 elétrico em testes

No caso do exemplo dessa corporação, ela conta com mais de 50 anos de fundação, sempre com foco na arquitetura residencial e conhecimento de fabricação de casas móveis sob medida como o modelo  Payette.

Assim que os clientes procuram pela empresa, a primeira escolha é pela categoria Urbana ou Country . Em seguida, vem a do revestimento, iluminação, móveis modulares, número de quartos, tamanho dos cômodos, eletrodomésticos e até o comprimento da habitação é repassado a eles.

Se você não tem um grande grupo de amigos ou familiares, um dos benefícios de tantos quartos é poder transformar um loft em um local para guardar equipamentos e outros brinquedos de aventura. Por que não transformar o quarto do andar de baixo em uma garagem pitoresca para brinquedos maiores, por exemplo?

Leia Também:  Volkswagen mostra protótipo da nova Kombi elétrica em versão picape

Após isso, os projetistas da equipe da Tru Form Tiny com várias parceiras e fornecedoras começam a montar a casa no melhor estilo que o cliente procura, lembrando que o acabamento padrão é sempre a madeira.

Os preços iniciais para um modelo padrão não sai por menos U$$ 79.900, ou R$ 411.293 fazendo uma conversão simples e, nesse orçamento, os clientes recebem habitat móvel dividido em dois andares e inclui dois quartos loft.

Juntamente com o quarto e a sala de estar no andar de baixo, a fabricante garante que ainda é possível acomodar com folga oito pessoas.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI