CULTURA

Alerta para saúde e fiscalização: queimadas predominam no interior e entorno de Rio Branco

Published

on

A falta de chuvas no Estado do Acre nos últimos 30 dias aliada ao tempo extremamente seco  e a parca fiscalização agravam a saúde do riobranquense. Crianças e idosos, sobretudo, comece a sofrer com a densa camada de fumaça sobre a capital.
A região mais atingjda, por enquanto, tem sido o entorno da capital, onde há focos de queimada no primeiro e no segundo distritos, embora a predominância seja no segundo distrito.
O aumento considerável nos focos de queimadas nos últimos três dias coincide com a mudança de temperatura e ampliação do tempo seco.
Nesta terça-feira quem habita nas proximidades da Via Verde e estrada velha do Amapá sofreu além do tolerável.
Ali nem mesmo a pista de um aeródromo particular usado por amantes do parapente escapou. Os Bombeiros foram chamados, mas não compareceram ao local.
Números
Na primeira semana de julho foram registrados 132 focos de queimada, a maioria entre Feijó e Cruzeiro do Sul, onde se concentram a ampliação de pasto para criação de gado.
Dados da Sala de Situação do Centro Integrado de Geoprocessamento e Monitoramento Ambiental (Cigma)  revelam que, de acordo com o monitoramento que vem sendo feito,
quanto mais dias seguidos sem chuva, maior o risco de queima
da vegetação.
Os mapas do monitoramento fechados revelam que a situação é considerada de risco alto e crítico na região do Baixo e Alto Acre ( que inclui a capital Rio Branco), Purus e pontos isolados do Juruá e Elvira/Tarauacá.

Leia Também:  Gabinete do ódio: Facebook tira do ar rede ligada ao PSL e à família Bolsonaro

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

CULTURA

Porto Walter se prepara para a 7ª edição do Festival do Milho

Marcynho Sensação e Renanzin Pressão são atrações confirmadas

Published

on

A programação oficial do 7º Festival do Milho foi lançada nesta Segunda-feira (22) pelo Prefeito de Porto Walter, César Andrade.

O evento que estava há dois anos suspenso por conta da pandemia da Covid-19 terá três dias de programação, segundo a organização. O evento será realizado entre os dias 23 a 25 de setembro.

A tradicional festa do milho organizada pela Secretaria de Agricultura contará com o apoio do SEBRAE, do Governo do Estado e da Associação Comercial e Empresarial de Porto Walter (ACEPW). A principal novidade do 7º festival do milho será o festival de praia, a cavalgada e a chegada da caravana que percorrerá o ramal que liga Porto Walter a Cruzeiro do Sul, no dia 24.

Para abrir a primeira noite de exposições, na Sexta-feira (23) haverá escolha de pratos típicos derivados do milho, atividades esportivas, culturais e festa com bandas locais. O show de abertura ficará a cargo da banda Trio Furação, de Rio Branco.

Já no Sábado (24), a animação ficará por conta do cantor Marcynho Sensação. A segunda noite de feira será marcada pela chegada da comitiva que percorrerá o Ramal Barbary, que liga por via terrestre o município com a cidade de Cruzeiro do Sul.

Leia Também:  Segue para sanção projeto que autoriza criação de loterias para saúde e turismo

O encerramento da programação no dia 25, domingo, ficará por conta das atividades de escolha do Rei e Rainha do Milho, além do show com o cantor Renanzin Pressão. Este ano a programação conta também com corrida de motocross e lutas de MMA.

O Prefeito César Andrade disse que a feira do milho deve ser a mais movimentada dos últimos anos. Segundo ele, a expectativa é que o município aqueça a economia, gere emprego e renda.

“Temos que ter pensamento positivo, vamos preparar o nosso município para receber a todos os visitantes. Vai ser uma grande festa”, garante.

A Coordenadora da 7º edição, Zenaide Holanda, disse que a feira será pensada em todos os segmentos “do ramo agrícola ao empresarial. O nosso entusiasmo é grande”, comentou.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI