CULTURA

Casal morto no Ramal do Pica Pau, em Rio Branco, foi obrigado a cavar a própria cova

Published

on

O casal de namorados Lidinalva de Melo Viana de 13 anos e José Daniel do Nascimento de 19 anos, mortos em setembro do ano passado, foi obrigado a cavar a própria cova.
A revelação foi feita nesta quarta-feira, 8, após investigadores da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil encontrarem as ossadas das vítimas numa área de mata no Ramal do Pica Pau.
“Inicialmente eles foram enterrados em uma única cova, um sobre o outro, mas como na época os policiais da DHPP estavam próximo ao local, os criminosos retiraram os cadáveres e sepultaram em uma área de mata fechada na mesma região”, disse o Delegado Marcus Cabral.
As ossadas do casal foram encontradas nesta quarta-feira depois de um intenso trabalho de investigação de policiais da DHPP.
Na época do desaparecimento de Lidinalva e de Daniel os familiares não registraram a ocorrência temendo represálias. “ Nenhum familiar procurou a polícia para fazer o boletim de ocorrência ou para reclamar o cadáver temendo a facção que atua na região”, revelou o Delegado Cabral.
De acordo com a polícia o casal foi executado pelo “tribunal do crime”, em decorrência da decisão da vítima Daniel, que trocou a facção Bonde dos 13 pelo Comando Vermelho.
Lidinavalva de Melo, era irmã adotiva da adolescente Raquel de Melo de 13 anos. Raquel foi sequestrada em 29 de janeiro deste ano quando saia de uma igreja no Ramal do Pica Pau.
A menina foi assassinada e teve o corpo enterrado em uma cova rasa no mesmo local da irmã.
Oito envolvidos na execução de Raquel foram presos e passaram a ser réus no processo.

Leia Também:  Militar da reserva morre por Covid. Governo do Acre emite nota de pesar

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

CULTURA

Porto Walter se prepara para a 7ª edição do Festival do Milho

Marcynho Sensação e Renanzin Pressão são atrações confirmadas

Published

on

A programação oficial do 7º Festival do Milho foi lançada nesta Segunda-feira (22) pelo Prefeito de Porto Walter, César Andrade.

O evento que estava há dois anos suspenso por conta da pandemia da Covid-19 terá três dias de programação, segundo a organização. O evento será realizado entre os dias 23 a 25 de setembro.

A tradicional festa do milho organizada pela Secretaria de Agricultura contará com o apoio do SEBRAE, do Governo do Estado e da Associação Comercial e Empresarial de Porto Walter (ACEPW). A principal novidade do 7º festival do milho será o festival de praia, a cavalgada e a chegada da caravana que percorrerá o ramal que liga Porto Walter a Cruzeiro do Sul, no dia 24.

Para abrir a primeira noite de exposições, na Sexta-feira (23) haverá escolha de pratos típicos derivados do milho, atividades esportivas, culturais e festa com bandas locais. O show de abertura ficará a cargo da banda Trio Furação, de Rio Branco.

Já no Sábado (24), a animação ficará por conta do cantor Marcynho Sensação. A segunda noite de feira será marcada pela chegada da comitiva que percorrerá o Ramal Barbary, que liga por via terrestre o município com a cidade de Cruzeiro do Sul.

Leia Também:  Agência Brasil explica: como agir após ter dados pessoais vazados

O encerramento da programação no dia 25, domingo, ficará por conta das atividades de escolha do Rei e Rainha do Milho, além do show com o cantor Renanzin Pressão. Este ano a programação conta também com corrida de motocross e lutas de MMA.

O Prefeito César Andrade disse que a feira do milho deve ser a mais movimentada dos últimos anos. Segundo ele, a expectativa é que o município aqueça a economia, gere emprego e renda.

“Temos que ter pensamento positivo, vamos preparar o nosso município para receber a todos os visitantes. Vai ser uma grande festa”, garante.

A Coordenadora da 7º edição, Zenaide Holanda, disse que a feira será pensada em todos os segmentos “do ramo agrícola ao empresarial. O nosso entusiasmo é grande”, comentou.

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI