Destaque

Vergonha e negacionismo: Câmara de Rio Branco dá espaço para movimento insano contra passaporte sanitário

Published

on

Mesmo o Brasil sendo um dos países que mais vacinou pessoas contra a covid-19 no planeta, além de um dos que mais teve mortes pela pandemia, o movimento negacionista contra a ciência é grande. Alimentados pelas ações criminosas do presidente Bolsonaro, apoiadores doentes hideolícos e fies ao que ele prega, passam o dia espalhando notícias falsas sobre vacinação em grupos de WhatsApp.
Em Rio Branco, uma militância depõe flagrantemente contra a vida e atiça, sem a mínima vergonha, a população contra a obrigatoriedade de se apresentar o passaporte de vacinação em locais que tenham mais de 100 pessoas.
Joelma Dantas, uma ativista política de direita que disputou a última eleição para o cargo de vereadora pelo MDB e atualmente trabalha no SAERB, é um dos vários internautas a disseminar postagens e campanha neste sentido em suas redes sociais.
Trata o assunto como de “interesse público”, aprovando a convivência de vacinados e não vacinados no mesmo ambiente e desprezando a orientação mundial.
A demência gritante desse grupo defende a tese de que seria um gesto de liberdade se expor e expor as pessoas ao vírus.
A postagem das pautas defendida pelo movimento gerou discussão em diversos grupos e foi inclusive republicada por adeptos da postura nojenta e negacionista, insana.
Com receio de uma nova onda que já amedronta a Europa, vários governadores e prefeitos estão iniciando ações preventivas no Brasil para evitar uma nova onda. No Acre o governador Gladson Cameli (PP) decretou obrigatoriedade do passaporte sanitário para permanência em locais públicos e particulares, que tenham acima de 100 pessoas.
O Convite chama os que são contrários ao passaporte sanitário para uma audiência pública na Câmara Municipal de Rio Branco, que acontecerá dia 07 de dezembro, as 08:00 horas da manhã.
A ABRAVAC – Associação Brasileira de Vítimas de Vacinas e Medicamentos – foi fundada em fevereiro deste ano e faz um movimento para chamar defender as vítimas sequeladas pela vacinação do HPV, mas resolveu militar contra as vacinas do Covid-19.
Tentamos contato com a mesa diretora da Câmara de vereadores de Rio Branco, mas por ser horário de sessão não obtivemos retorno de alguém que falasse sobre o assunto.

Leia Também:  Morre em Rio Branco o desembargador aposentado Francisco Praça, servidor público mais antigo do Acre

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ACRE

Confira: Prefeitura de Sena Madureira abre processo seletivo com 155 vagas

Published

on

Inscrições abertas para o Processo Seletivo da Prefeitura de Sena Madureira que pretende contratar 155 profissionais na área da educação. Os interessados podem se inscrever exclusivamente por meio eletrônico, até 13 de abril de 2022, no site da Fundape http://fundape.com.br/?e=page&q=2022-02-sena-madureira ,respeitando o horário do Acre.

As vagas são para Professor de Creche (14); Professor da Educação Infantil – Pré-Escola (14); Professor do Ensino Fundamental – 1.º ao 5.º ano (50); Professor da Educação Infantil Pré-Escola – Zona Rural (6); Professor do Ensino Fundamental I – 1.º ao 5.º ano – Zona Rural (41); Professor do Ensino Fundamental II – 6.º ao 9.º ano – Zona Rural (30).

Os profissionais deverão realizar suas funções em jornadas de 25 horas-aula, referente a remuneração máxima atingida de R$1.579,66. O prazo de validade do Processo Seletivo será de oito meses, correspondentes aos meses de maio a dezembro de 2022, prorrogável, a critério da Prefeitura Municipal de Sena Madureira, por período necessário ao cumprimento do ano letivo.

Leia Também:  Alan Rick garante recursos para melhorar qualidade do ensino no Campus Rio Branco do IFAC

A prova deve ocorrer no dia 01 de maio, com duração de três horas. A prova abordará questões de Matemática, Português, Conhecimentos Gerais, Atualidade, Legislação e Conhecimentos Específicos.

Fonte: Acrenews

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI