ENTRETENIMENTO

Christiana Oliveira relembra terror em gravações de ‘Pantanal’

Published

on

source
“Esse foi o maior perigo”, Juma vive terror em gravações de Pantanal com ataque de jacaré: “Minha mão”
Bianca Barbosa

“Esse foi o maior perigo”, Juma vive terror em gravações de Pantanal com ataque de jacaré: “Minha mão”

Dona da excelente interpretação de Juma, da versão original de Pantanal, Cristiana Oliveira revelou na última terça-feira (17), que durante as gravações, sofreu um terror no qual quase foi atacada por um jacaré com sua mão arrancada.

Mas, calma! De acordo com a atriz, tudo não passou de um susto e ela conseguiu escapar, mas, Cristiana Oliveira não escondeu que esse foi o maior perigo por qual passou durante as gravações. Certamente, atuar em meio à mata não deve ser uma tarefa fácil.

“Eu estou lá, de Juma, com aquele jeito dela, com a perna aberta, um negócio de madeira no meio… aí, estou lá, tranquila, daqui a pouco: ‘Crica, o jacaré’. Quando eu faço assim, vem o olhinho do jacaré, para poder atacar, comer o peixe, só que minha mão ia junto. Esse foi o maior perigo“, revelou em entrevista ao podcast Papagaio Falante.

Leia Também:  'Pantanal': Filho perdido de José Leôncio fura o olho de Jove

Por incrível que pareça, na época, ela não tinha muito medo, afinal, estava no auge da juventude com 25 anos. “Nunca enfrentei nenhum perigo, como eu era jovem… o jovem é destemido. A gente vai ficando com medo ao longo da vida”, desabafou.

Justamente por estarem gravando em um local de risco, os atores precisavam seguir protocolos. Segundo a eterna Juma, ninguém podia sair para a mata após às 18h, afinal, os bichos começam a fazer a festa nesse horário. Ela sempre quis ver uma onça por lá, mas, com o tempo, deixou isso de lado.

Leia mais em TV Foco 

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ENTRETENIMENTO

Vinho madeira: conheça 4 lugares para degustar a bebida

Published

on

source
Vinho madeira: conheça 4 lugares para degustar a bebida
Redação EdiCase

Vinho madeira: conheça 4 lugares para degustar a bebida

Nas vinícolas da Ilha da Madeira é possível experimentar um dos vinhos mais famosos do mundo

Por Lisia Minelli

A Ilha da Madeira, região autônoma de Portugal situada em meio ao Oceano Atlântico, produz uma das bebidas mais famosas do mundo: o vinho Madeira. De sabor especial e teor alcoólico elevado, funciona perfeitamente como aperitivo ou digestivo e, cada vez mais, é utilizada em harmonizações diversas, devido à sua versatilidade e qualidade.

Degustar uma boa taça de vinho Madeira pode ser uma experiência inesquecível. E, para isso, a melhor opção é visitar algumas das vinícolas produtoras, que mantêm adegas e bar de vinhos espalhados pela ilha. Confira quatro lugares para degustar esse icônico vinho!

5 estadias aconchegantes na América do Sul para o inverno

1. Blandy’s Wine Lodge

Uma das mais antigas empresas produtoras de vinho Madeira, com mais de 200 anos, reúne um museu sobre os vinhos produzidos pela Madeira Wine Company e um excelente bar de vinhos. São mais de 650 barris e cubas que armazenam os vinhos, que estão envelhecendo em um método tradicional conhecido como “canteiro”.

Leia Também:  Anitta se apresenta em evento do GP dos EUA de F1

Além do tradicional vinho Madeira, esta propriedade também produz vinhos de mesa de bastante sucesso, com a marca Atlantis, um branco, um rosé e um branco reserva. Por estar localizada bem no centro da cidade do Funchal, onde até hoje funcionam as adegas da empresa, o local é ideal para os turistas visitarem e degustarem os seus vinhos.

Cunha: conheça um dos melhores destinos para ecoturismo no Brasil

2. Justinos’s Madeira

É uma das mais antigas empresas produtoras e exportadoras de vinho Madeira e possui uma das maiores reservas vitivinícolas da Ilha da Madeira, composta por vinhos de elevada qualidade e envelhecidos em cascos de carvalho. Para provar os vinhos da Justino’s, é necessário ir até Caniço, a cerca de dez quilômetros da cidade de Funchal.

3. Quinta do Barbusano

Localizada na costa norte da Madeira, este produtor de vinho merece uma visita. A Quinta do Barbusano possui vinhas de diversas castas e produz vinhos brancos, rosés e tintos. O local investe em uma oferta turística com visitas, aperitivos e até refeições para acompanhar a degustação dos vinhos. Na época das vindimas, além das visitas guiadas, é possível fazer a pisa das uvas.

Leia Também:  Pantanal: Após levar tiro, Velho do Rio faz trato com diabo para viver

4. Terra Bona

Também situada na costa norte da Madeira, em Boaventura, esta propriedade possui uma beleza única entre a Floresta Laurissilva e o mar, além de um sistema de produção de vinhas ambientalmente sustentável. A Terra Bona possui dois vinhos brancos que se destacam: um em barricas de carvalho francês e o outro em barricas de terracota.

Confira mais dicas de viagens na revista ‘Viajar’.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI