ENTRETENIMENTO

Justiça manda suspender show de João Bosco & Vinícius com cachê de R$ 319 mil em festival de Feijó

A Justiça autorizou ainda que, caso haja a realização do show da dupla sertaneja, que a Polícia Militar suspenda o fornecimento de energia elétrica do local.

Published

on

A Justiça do Acre concedeu uma tutela de urgência ao Ministério Público Estadual (MP-AC) e determinou a suspensão do show da dupla sertaneja João Bosco & Vinícius na 23ª edição do Festival do Açaí, em Feijó, no interior. A dupla iria se apresentar no domingo (14), último dia de festividade, e receberia R$ 319 mil de cachê pago pela prefeitura da cidade.

A festividade volta este ano a contar com a presença do público e apresentações musicais entre esta sexta (12) e domingo (14). Por conta da pandemia, o evento teve edições especiais com vacinação contra a Covid, cultos ecumênicos e transmissão pela internet.

As apresentações de Tierry e Zezo, agendadas para esta sexta-feira (12) e sábado (13), respectivamente, estão mantidas. Em julho, o MP-AC enviou uma recomendação à prefeitura para que fossem canceladas as apresentações dos cantores Tierry e Zezo.

O documento era baseado na forma de contrato firmado entre a municipalidade e os artistas. É que a prefeitura iria arcar com os cachês de Tierry (R$ 215 mil) e Zezo ( R$ 100 mil) e o pagamento de João Bosco & Vinícius seria feito por meio de um convênio com o Estado.

O órgão estadual destacou, na época, que a prefeitura iria gastar R$ 315 mil nas apresentações enquanto a cidade enfrenta graves deficiências de infraestrutura, na saúde pública, educação, saneamento básico e outras áreas.

Leia Também:  BBB: Leilah Moreno defende Arthur Aguiar após críticas por desafinação

Após o envio da recomendação, o MP-AC detalhou que foram feitos alguns ajustes e ficou determinado que as apresentações dos cantores Tierry e Zezo seriam financiadas pelo convênio firmado com o Estado. Já o show da dupla sertaneja seria pago pela Prefeitura de Feijó.

Foi, então, que o MP entrou com uma ação civil pública com pedido de tutela de urgência para evitar que a prefeitura gaste mais de R$ 300 mil com o show. No pedido, o órgão estadual destacou a necessidade de direcionamento das verbas públicas para as seguintes áreas:

“Pavimentação de vias públicas, a melhoria dos serviços de saúde, de educação, de saneamento básico, a conclusão de obras inacabadas, a melhoria da qualidade na distribuição de merenda escolar, dentre outros, sendo que a realização do excessivo gasto com o show estaria em desacordo com os princípios da moralidade, da eficiência e da razoabilidade”, diz.

A ação civil foi ajuizada na Vara Cível da Comarca de Feijó e a tutela concedida pelo Juiz de Direito Marcos Rafael Maciel de Souza nessa segunda-feira (8).

O prefeito da cidade, Kiefer Cavalcante, afirmou que a equipe jurídica da gestão já entrou com recurso contra a decisão.

Além da suspensão do show, o juiz também determinou que o munícipio se ‘abstenha de efetuar quaisquer pagamentos/transferências financeiras decorrentes do contrato estabelecido para a contratação dos artistas mencionados, sob pena de incidência de uma multa única no valor do dobro do contrato celebrado, em caso de descumprimento, incidindo a multa pessoalmente ao prefeito Feijó’.

Leia Também:  Frio no Acre? Temperatuas despencam a partir deste sábado, diz Friale

A prefeitura também precisa, em 24 horas, a partir da intimação, divulgar na página oficial da gestão que o show de João Bosco & Vinícius está cancelado. Em caso de descumprimento, a municipalidade deve pagar uma multa de R$ 10 mil por cada hora de atraso da divulgação do cancelamento.

A Justiça autorizou ainda que, caso haja a realização do show da dupla sertaneja, que a Polícia Militar suspenda o fornecimento de energia elétrica do local.

“Não se estar aqui a olvidar que a Administração Municipal, por meio de eventos como esse (no caso, o “Festival do Açaí”), esteja fomentando setor cultural e o lazer da população, incentivando o turismo e a economia local, gerando riquezas e benefícios ao comércio […]. O que está sendo questionando nos autos, não é o evento em si, mas a incompatibilidade do gasto pretendido pelo Município com a contratação de show artístico com as prioridades orçamentárias locais fundamentais e ligadas ao mínimo existencial”, argumenta o juiz na decisão.

Fonte: G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

ENTRETENIMENTO

Com show de Murilo Huff, organização diz que Expoacre Juruá reuniu 40 mil pessoas na última noite: ‘Espero voltar em breve’, diz cantor

Cantor esteve no interior do Acre fechando a feira agropecuária. Depois do show, Murilo agradeceu ao público nas redes sociais.

Published

on

Mais de 40 mil pessoas. Esse é o número estimado da organização para o público que compareceu na última noite da Expoacre Juruá no domingo (4). O cantor Murilo Huff foi responsável pelo show de fechamento do evento e usou as redes sociais para agradecer o público, inclusive, o vídeo dos fãs cantando “Perfeito Pra Ficar Sozinho” foi parar no feed da rede social do cantor.

“Gente, vocês não estão entendendo que show foi esse hoje em Cruzeiro do Sul, no Acre. Tô passando aqui para agradecer a todos que foram ao show, que compareceram hoje, mais de 30 mil pessoas curtiram nosso show, cantaram todas as músicas do início ao fim. Muito obrigada pelo carinho comigo e com toda a minha equipe, espero voltar novamente em breve”, disse nos vídeos.

Dudé Lima, organizador do evento, disse que o público superou as expectativas e que os cruzeirenses representaram a retomada dos negócios na região.

“Eu tinha expectativa porque as pessoas estavam, particularmente, por conta de que as pessoas estavam muito ansiosas por uma grande festa. Hoje estamos encerrando com nenhuma ocorrência, as pessoas estão satisfeitas, queria agradecer a todos. Estimamos que mais de 100 mil pessoas tenham passado pela feira nesses 4 dias e foi um período sem nenhum contratempo”, disse.

Leia Também:  Menina de 10 anos é internada com Doença de Chagas após tomar açaí no Acre

Negócios

O diretor técnico do Sebrae, Lauro Santos, disse que a estimativa é que mais de R$ 11 milhões em negócio tenham sido fechados na feira. Ele comemorou o resultado e também agradeceu ao público.

“Estamos fechando o faturamento dessa noite, mas com os números das noites passadas estamos com R$ 11 milhões de faturamento, um pouco acima disso, falta contabilizar os lucros dos estacionamento e negócios fechados na feira. Mas, a gente tinha uma perspectiva de R$ 9, R$ 10 milhões, mas vamos para mais disso. São mais de 230 de pequenos negócios beneficiados aqui do Juruá, não só de Cruzeiro do Sul, mas de todo o Vale do Juruá”, destacou.

Santos também disse que algumas coisas precisam ser melhoradas para o ano que vem, mas, no todo, o balanço do evento é positivo.

“Estamos felizes com o resultado do evento, os empresários estão de parabéns, porque investiram em seus estandes. Ano que vem vamos melhorar a parte da internet e organizar mais alguns espaços.”

Leia Também:  Thiago Martins e Talita Nogueira terminam relacionamento

Para quem usou a feira como vitrine, o resultado também foi satisfatório. Claudeir Maciel Gomes estava vendendo hambúrguer nos dias de Expoacre Juruá e, para ele, foi uma oportunidade de conseguir mais clientes.

“Só tenho a agradecer por esse momento, que acredito ser único. Graças a Deus superou nossas expectativas de vendas, estamos batendo recorde de vendas de hambúrguer. O bom é que a gente alcança clientes que ainda não tinha provado nosso hambúrguer”, disse.

Murilo usou as redes sociais para agradece público de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre — Foto: Reprodução/Instagram

Murilo usou as redes sociais para agradece público de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre — Foto: Reprodução/Instagram

Fonte: G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI