Esporte

Águas abertas: Ana Marcela Cunha conquista ouro nos 5 km no Mundial

Published

on

A baiana Ana Marcela Cunha conquistou, nesta segunda-feira (27), a medalha de ouro na prova de cinco quilômetros em águas abertas no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, realizado em Budapeste (Hungria). A brasileira completou o percurso em 57min52s90, menos de um segundo à frente da francesa Angelie Muller, segunda colocada. A italiana Giulia Gabbrielleschi levou o bronze.

Foi a 13ª medalha de Ana Marcela em Mundiais, sendo a sexta dourada e a segunda nos cinco quilômetros – a primeira dela foi há três anos, na edição de Gwangju (Coreia do Sul). A gaúcha Viviane Jungblut, que já havia competido em duas provas de piscina (800 metros e 1,5 metros) e no revezamento em águas abertas, terminou a disputa desta segunda em sétimo.

“Cada medalha tem seu gosto especial, tem uma preparação diferente e uma preparação por trás de cada medalha. Acho que a minha primeira medalha, que foi de bronze, foi nos cinco quilômetros. Ali tudo começou. Hoje, chegar a 13ª medalha, mostra a consistência do nosso trabalho e estou muito feliz com mais essa conquista”, disse a baiana, de 30 anos, ao site da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Ana Marcela no Mundial de Esportes Aquáticos Ana Marcela no Mundial de Esportes Aquáticos

Leia Também:  Abertas as inscrições da Olimpíada Brasileira do Oceano
Ana Marcela no Mundial de Esportes Aquáticos – Divulgação/CBDA/Direitos Reservados

Ana Marcela cai novamente nas águas de Budapeste na quarta-feira (29), às 3h (horário de Brasília), para a prova de dez quilômetros, distância olímpica da modalidade na qual a brasileira foi medalhista de ouro nos Jogos de Tóquio (Japão), no ano passado. Na quinta-feira (30), às 4h, será a vez dos 25 quilômetros, disputa em que é tetracampeã mundial.

Na prova masculina de cinco quilômetros, o Brasil foi representado pelo paulistano Bruce Hanson (21º) e pelo carioca Gabriel Arteiro (22º). Foi a estreia deles em provas individuais em Mundiais. Bruce volta a competir na quinta, às 7h, com o carioca Guilherme Costa, o “Cachorrão”, nos dez quilômetros.

Ingrid faz história

Também nesta segunda-feira, Ingrid Oliveira terminou a prova da plataforma de dez metros de saltos ornamentais na quarta posição, com 327.10 pontos. O resultado da carioca, de 26 anos, foi o melhor da história do Brasil na modalidade em Mundiais, superando a quinta colocação do brasiliense Cesar Castro no trampolim de três metros na edição de Roma (Itália), em 2009.

Ingrid brigou pelo pódio com a malaia Pandelela Pamg (que levou o bronze, com 338.85 pontos) e com a canadense Caeli Mckay (que ficou em quinto, com 318.45 pontos). A medalha de ouro ficou com a chinesa Yuxi Chen (417.25 pontos), que teve a compatriota Hongchan Quan (416.95 pontos) na sequência. Ambas também estiveram no pódio em Tóquio, com Quan em primeiro e Chen em segundo.

Edição: Aline Leal

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Esporte

Mengão vence Athletico-PR, com golaço de Pedro e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil

Published

on

O Flamengo foi até a Arena da Baixada e venceu o Athletico-PR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (17,08) e avançou para as semifinais da Copa do Brasil.

O gol do Mengão foi marcado por Pedro, no início do segundo tempo. Agora, o Rubro-Negro aguarda seu adversário, que sairá do confronto entre São Paulo e América-MG.

O jogo

O Flamengo começou a partida tomando a iniciativa de ficar com a bola, trocando passes no campo ofensivo. Aos seis minutos, o Mais Querido criou a primeira boa oportunidade. Arrascaeta dominou na intermediária, limpou a jogada e bateu para o gol. A bola passou por cima do travessão.

O Athletico parava o jogo com muitas faltas, dificultando a saída de bola do Fla. Na reta final da primeira etapa, o time rubro-negro voltou a crescer na partida e ocupava o campo de ataque em busca de espaços na defesa paranaense. Aos 38’, Everton Ribeiro lançou Gabigol pela direita, o atacante cruzou na área e Arrascaeta cabeceou para fora.

Aos 41’, Arrascaeta ajeitou para Gabigol soltar a bomba de canhota. Bento espalmou para escanteio. O Flamengo foi melhor na etapa inicial, porém o placar não saiu do zero.

Leia Também:  Lady Gaga anuncia novas datas da turnê mundial "Chromatica Ball"

O segundo tempo começou com o mesmo panorama do primeiro: o Flamengo dominando as ações e o Athletico fechado atrás esperando para descer no contra-ataque. Aos 6’, Rodinei recebeu de Everton Ribeiro e bateu cruzado. Bento deu rebote para o meio da área e Fernandinho fez o corte.

De tanto insistir, o Mengão abriu o placar com um golaço! Rodinei foi na linha de fundo e cruzou na pequena área. Pedro apareceu livre para emendar uma linda bicicleta, sem chances para o goleiro: 0 a 1.

Após o gol, o Athletico passou a sair mais para o ataque, deixando o jogo mais aberto. Aos 29’, Pedro arrancou em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro e rolou para Gabi, que chutou na trave. Ótima oportunidade desperdiçada.

Nos minutos finais, o Athletico pressionou em busca do empate, mas o Fla conseguiu se segurar e saiu de campo com a vitória e a classificação garantida para a semifinal.

Próximo compromisso

O Mais Querido volta a campo no domingo (21) para enfrentar o Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia Também:  São Paulo conquista vantagem sobre o Ceará no Morumbi com golaço de Nikão

FICHA TÉCNICA: 

ATHLETICO-PR 0 x 1 FLAMENGO

Competição: Copa do Brasil – jogo de volta das quartas de final

Data e hora: 17 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Terans, Fernandinho, Hugo Moura (ATH); João Gomes (FLA) Gol: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo (FLA)

ATHLETICO: Bento; Matheus Felipe (Cuello), Thiago Heleno e Pedro Henrique; Khellven, Erick, Hugo Moura (Vitor Bueno), Fernandinho e Abner; Terans (Vitinho) e Pablo (Canobbio). Técnico: Luiz Felipe Scolari

FLAMENGO: Santos, Rodinei, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes, Vidal (Victor Hugo), Arrascaeta (Diego) e Everton Ribeiro (Pablo); Gabigol (Everton Cebolinha) e Pedro (Lázaro). Técnico: Dorival Júnior.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI