Esporte

Cano decide e Fluminense parte na frente do Cruzeiro na Copa do Brasil

Published

on

Diante de mais de 46 mil torcedores, o Fluminense derrotou o Cruzeiro por 2 a 1, na noite desta quinta-feira (23) no estádio do Maracanã, e abriu uma pequena vantagem na busca de uma vaga para as quartas de final da Copa do Brasil.

Com este resultado, o Tricolor das Laranjeiras consegue carimbar a vaga na próxima vaga da competição mesmo com um empate por qualquer placar na partida de volta, que será disputada no dia 12 de julho no estádio do Mineirão a partir das 21h (horário de Brasília). Em caso de vitória da Raposa por um gol de vantagem, a classificação será definida na disputa de pênaltis. Para se garantirem de forma direta nas quartas, os mineiros precisam triunfar por dois gols de vantagem.

Empurrado por sua torcida, o Fluminense começou melhor, e teve uma chance cristalina logo no primeiro minuto de bola rolando, quando Cano aproveitou cobrança de escanteio para finalizar muito bem, mas Bidu, em cima da linha, salvou o gol certo.

Leia Também:  Voluntários fazem a diferença na 24ª edição da Surdolimpíada no RS

Aos 17 minutos não teve jeito, o artilheiro argentino colocou a bola no fundo do gol defendido por Rafael Cabral após aproveitar bola levantada na área por Arias. Porém, o juiz acabou anulando o lance, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), ao assinalar impedimento do colombiano.

Aos 38 minutos a situação melhorou para a equipe carioca, quando o lateral Geovane Jesus foi expulso pelo juiz, com auxílio do VAR, após entrar de sola no volante Nonato.

Com um a mais o Tricolor aumentou a pressão, e conseguiu abrir finalmente o placar aos 45 minutos, quando Ganso cruzou a bola para o zagueiro Manoel marcar de cabeça. Mas a alegria do time das Laranjeiras durou pouco, pois aos 51 minutos Filipe Machado cobrou escanteio muito fechado para o zagueiro o zagueiro Lucas Oliveira se antecipar ao goleiro Fábio para empatar.

Sabendo que não vencer em casa com um homem a mais seria considerado um resultado negativo, o técnico Fernando Diniz soltou ainda mais a sua equipe, que aos 10 minutos garantiu a vitória. O jovem atacante Luiz Henrique lançou Arias na ponta direita. O colombiano avançou e cruzou na medida para Cano apenas testar para marcar o gol da vitória.

Até o apito final, o time das Laranjeiras teve outras oportunidades de ampliar, inclusive com uma bola na trave de André, mas o placar permaneceu inalterado.

Leia Também:  Série B: Guarani e CSA empatam sem gols em Campinas

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Esporte

Brasil vai à 3 finais do Pan-Americano de Ginástica de Trampolim no RJ

Published

on

O Brasil se classificou às finais individuais feminina e masculina da disputa sênior do Campeonato Pan-Americano de Ginástica de Trampolim, que começou neste domingo (26) no  Parque Olímpico, no  Rio de Janeiro. Camilla Gomes e Alice Hellen avançaram, respectivamente, em primeiro e segundo lugares. Já na disputa masculina, quem assegurou presença na final foi Lucas Junio Tobias, com a quinta melhor nota. As finais serão na terça-feira (28), com trasmissão ao vivo no Canal Olímpico do Brasil.  Antes, nesta segunda (27), ocorrem as classificatórias do trampolim individual júnior, do duplo-mini trampolim e do trampolim sincronizado. Todas as disputas são transmitidas ao vivo no YouTube do Time Brasil. 

Brazil, Trampoline Gymnastics | Gymnastics Pan American Championships Rio22 | Jun25 | Arena Carioca 1, Olympic Park, Rio de Janeirio, Brazil | Photo: Ricardo Bufolin / Panamerica Press / CBG Brazil, Trampoline Gymnastics | Gymnastics Pan American Championships Rio22 | Jun25 | Arena Carioca 1, Olympic Park, Rio de Janeirio, Brazil | Photo: Ricardo Bufolin / Panamerica Press / CBG

Lucas Junio Tobias avançou à final com 56.400 pontos, a  quinta melhor nota deste domingo (26) na disputa masculina –  – Ricardo Bufolini/CBG/Direitos Reservados

A carioca Camilla Gomes alcançou 55.235 pontos, que lhe garantiu a primeiro lugar na disputa feminina. Com desempenho impecável, com maior parte dos saltos no centro da tela, a nota obtida pora Camilla seria suficiente para a atleta conquistar a medalha de ouro em maio, na etapa de Rimini (Itália) da Copa do Mundo da modalidade. 

“Estou muito feliz por poder competir em casa, no Rio de Janeiro. O apoio da torcida é muito importante para nós”, disse a carioca em depoimento à Confederação Brasileira de Ginástica (CBG).

A mineira Alice Hellen também comemou muito a segunda colocação e a outra vaga na final, ao obter a nota 52.750. É a segunda competição da atleta, após passar por cirurgia no joelho no início deste ano. E o Brasil poderia ter classificado outras duas ginastas: Maria LUíza Oliveira (quarta colocada, com 51.750 pontos) e Ana Luiza Pereira Soares (oitava posição, com 50610), mas o regulamento estabelece apenas dois representantes de cada país na final. 

Leia Também:  Ele vai voltar à política pelo PMB, o caçula dos partidos no Brasil que nada faz pelas mulheres. Que Deus nos acuda !!!!

Na disputa masculina, o único representante do país na final será Lucas Junio Tobias, que conseguiu totalizar 56.400, a quinta melhor nota do dia. Outros três brasileiros competiram – Gabriel Souza, Gabriel Miranda e Wallace Celestino – mas não se classificaram.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI