Esporte

Seleção brasileira masculina estreia no Mundial de basquete 3×3

Published

on

A seleção masculina de basquete 3×3 estreou nesta terça-feira (21) no Mundial da modalidade, que é disputado na Antuérpia (Bélgica). Neste primeiro dia de partidas, o Brasil perdeu de Porto Rico por 20 a 16, mas derrotou a França por 16 a 15 em seu segundo compromisso do dia.

A seleção volta a entrar em quadra na próxima quinta-feira (23), quando mede forças com a Sérvia e com a Nova Zelândia.

“Após uma viagem longa conseguimos fazer bons jogos logo no primeiro dia de competição, perdendo por apenas quatro pontos de Porto Rico, uma equipe campeã de WT em 2021, e vencendo a França, devolvendo a derrota no Pré-Olímpico no ano passado. Seguimos para o segundo dia com grandes chances de classificação para a fase final, e agora já sabendo como jogam nossos adversários”, disse o técnico da seleção brasileira, Luca Carvalho.

Leia Também:  Tricolor vence o Juventude em Barueri e avança para as oitavas da Copa do Brasil

Pelo formato do torneio, o Grupo A, com Brasil, França, Nova Zelândia, Porto Rico e Sérvia, se enfrenta dentro da chave. O primeiro colocado avança direto para as quartas de final. E o segundo e terceiro vão para as oitavas de final.

Estreia da equipe feminina

Quem entra em quadra pela competição na próxima quarta-feira (20) é a seleção brasileira feminina, que encara a Áustria, a partir das 6h (horário de Brasília), e a França, a partir das 7h50.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Esporte

Libertadores: Hulk perde pênalti e Galo empata na ida das oitavas

Published

on

O Atlético-MG empatou em 1 a 1 com o Emelec (Equador), na noite desta terça-feira (28) no estádio George Capwell, em Guayaquil, pela ida das oitavas de final da Taça Libertadores da América. O resultado deixou um gosto amargo do torcedor do Galo, que viu o atacante Hulk desperdiçar uma cobrança de pênalti no final da partida.

Agora, as equipes decidem quem fica com a vaga nas quartas daqui a uma semana, no estádio do Mineirão.

Mesmo fora de casa, a equipe comandada pelo técnico Antonio Mohamed começou melhor a partida, e abriu o placar aos 15 minutos. O goleiro Everson deu um chutão para a frente. Hulk dominou de costas e achou Nacho, que tocou em profundidade para Ademir, que bateu na saída do goleiro Ortíz.

O Galo continuou melhor na partida. Mas, nos dez últimos minutos da etapa inicial o Emelec melhorou e chegou a colocar uma bola na trave, aos 41 minutos com Jackson Rodríguez.

Leia Também:  Flamengo se reapresenta nesta segunda-feira e inicia preparação para enfrentar o Bragantino

O Atlético-MG manteve o controle do jogo nos primeiros minutos da etapa final, mas o panorama começou a mudar aos 10 minutos, quando o juiz marcou pênalti em favor dos equatorianos, com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), ao assinalar falta de Nathan Silva dentro da área. Sebastián Rodríguez foi para a cobrança e não perdoou.

A situação do Galo complicou de vez aos 21 minutos, quando o volante Allan foi expulso pelo juiz, com auxílio do VAR, por agredir Jackson Rodríguez.

A partida ficou aberta, com chances de lado a lado. Mas quem teve a oportunidade mais cristalina de sair com a vitória foi o Atlético-MG. Aos 40 minutos o juiz marcou pênalti em favor dos brasileiros quando Mejía puxou Hulk dentro da área. O próprio camisa 7 se apresentou para a cobrança. Porém, o goleiro Ortíz conseguiu a defesa para garantir o empate por 1 a 1.

Leia Também:  Brasil fatura Brasil 16 medalhas nos Jogos Sul-Americanos da Juventude

Antes da partida decisiva contra o Emelec, o Atlético-MG joga pelo Brasileiro, no próximo sábado (2) contra o Juventude.

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI