manchete2

Gladson sanciona lei de Edvaldo Magalhães e autoriza Estado e prefeituras a contratar médicos formados no exterior

Published

on

Um ato do governador Gladson Cameli publicado no Diário Oficial desta segundas-feira (5) autoriza a contratação de médicos formados no exterior. Estado e municípios devem, a partir desta autorização, reforçar seus quadros para garantir atendimento aos pacientes infectados ou com suspeita de terem contraído a Covid 19. A lei aprovada no mês passado, Assembléia Legislativa, é de autoria do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB).
As contratações são temporárias, mas de “excepcional interesse público, enquanto durar o estado
de emergência em saúde pública decorrente da pandemia.
“A matéria em destaque não exclui os profissionais estrangeiros que
residem no Brasil e que tenham atuado ou estejam atuando no Programa Mais Médicos”, diz a publicação.
Esta medida visa suprir o déficit de profissionais médicos nos municípios acreanos.
Veja os c ritérios para a contratação:
a) médicos brasileiros formados no exterior que não prestaram o Exame
Nacional de Revalidação de Diplomas – Revalida, e que possuem experiência comprovada no Programa Mais Médicos, conforme Lei Federal
nº 12.871, de 2013;
b) médicos estrangeiros formados no exterior, que não realizaram o
Revalida, e que possuem experiência comprovada no Programa Mais
Médicos, conforme Lei Federal nº 12.871, de 2013;
c) médicos brasileiros formados no exterior que não realizaram o Revalida; e
d) médicos estrangeiros residentes no Brasil que tenham exercido a
medicina no País de origem, conforme Lei Federal nº 12.871, de 2013,
e que não realizaram o Revalida.

Leia Também:  Alan Rick estende tapete azul do Democratas para Dêda, Maria Antônia e a turma do PROS

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

ACRE

Saúde realiza entrega de itens hospitalares às UPAs

Published

on

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), entregou às unidades de pronto atendimento (UPAs) de Rio Branco nesta segunda-feira, 11, itens hospitalares e cadeiras de rodas.

Entre os produtos estão os objetos hospitalares funcionais, como bandejas, cubas, comadres e papagaios, e também instrumentos cirúrgicos.

A aquisição foi realizada por Fonte 100 da Sesacre, cujo valor gira em torno de R$ 1 milhão e contempla as unidades estaduais de todos os municípios acreanos, a começar pela capital.

Arquivo Secom

A secretária de Saúde, Paula Mariano, lembra que há mais de dez anos o Estado não realizava a aquisição desses materiais em grande quantidade.

“Estamos fazendo a distribuição, que contempla todo o estado, para equipar e proporcionar melhor qualidade no atendimento à população”, destaca.

Por Agência de Notícias AC

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Editorial: sobre o cartel das terceirizadas em Rio Branco, garis e o dinheiro público
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI