manchete2

Tribunal de Justiça mantém decisão da Aleac e auditora com mais de 65 anos não pode ser conselheira no TCE

Published

on

Durante sessão Ordinária do Tribunal Pleno Jurisdicional, nesta quarta-feira, 28, a Corte de Justiça acreana decidiu, por maioria dos votos, negar o Mandado de Segurança feito com objetivo de que auditora com mais de 65 anos de idade pudesse tomar posse no cargo de conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE/AC).
A relatoria do caso foi da desembargadora Regina Ferrari, que votou por manter a decisão da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac). A casa legislativa rejeitou a indicação do nome da referida auditora, em função do impedimento legal do limite máximo de idade, de 65 anos de idade.
A auditora está ocupando temporariamente vaga do TCE/AC, como conselheira substituta, desde a morte do conselheiro José Augusto de Farias por COVID-19, e tinha sido indicada para a vaga. Mas, a Aleac rejeitou o nome dela. Assim, a Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros Substitutos dos Tribunais de Contas (Audicon) entrou com Mandado de Segurança.
Contudo, o pedido foi negado pelo Colegiado do 2º Grau da Justiça acreana, por nove votos a dois. Para a relatora, apesar do currículo e do trabalho da conselheira não é possível ultrapassar o limite etário constitucional. Por isso, não houve violação ou ilegalidade na rejeição da indicação. Mas, até que seja indicado e empossado outro conselheiro, ela poderá ocupar o cargo de forma substituta.
O julgamento foi presidido pelo desembargador Francisco Djalma (presidente do TJAC), com a participação dos desembargadores: Eva Evangelista, Samoel Evangelista, Pedro Ranzi, Roberto Barros, Denise Bonfim, Waldirene Cordeiro, Regina Ferrari (relatora), Laudivon Nogueira, Júnior Alberto, Elcio Mendes e Luís Camolez. Além disso também estavam presentes na sessão realizada através de videoconferência o procurador de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Sammy Barbosa.

Leia Também:  Mara Rocha tentou culpar Gladson e Dória após fracassar nas eleições de 2020: "ingrata e negacionista", reage o PSDB

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

ACRE

Saúde realiza entrega de itens hospitalares às UPAs

Published

on

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), entregou às unidades de pronto atendimento (UPAs) de Rio Branco nesta segunda-feira, 11, itens hospitalares e cadeiras de rodas.

Entre os produtos estão os objetos hospitalares funcionais, como bandejas, cubas, comadres e papagaios, e também instrumentos cirúrgicos.

A aquisição foi realizada por Fonte 100 da Sesacre, cujo valor gira em torno de R$ 1 milhão e contempla as unidades estaduais de todos os municípios acreanos, a começar pela capital.

Arquivo Secom

A secretária de Saúde, Paula Mariano, lembra que há mais de dez anos o Estado não realizava a aquisição desses materiais em grande quantidade.

“Estamos fazendo a distribuição, que contempla todo o estado, para equipar e proporcionar melhor qualidade no atendimento à população”, destaca.

Por Agência de Notícias AC

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cinquenta policiais cumprem ordens da justiça contra 23 traficantes em Mâncio Lima
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI