Mulher

Emma Thompson fala o quão difícil foi estar nua em novo filme

Published

on

Emma Thompson também fala da importância do movimento Me Too para se abordar consentimento e sexualidade.
Reprodução/Instagram emmathompson138

Emma Thompson também fala da importância do movimento Me Too para se abordar consentimento e sexualidade.

Conhecida pelo público por produções como “Harry Potter”, “Cruela” e “Nanny McPhee e as Lições Mágicas”, a atriz britânica Emma Thompson, vencedora de inúmeros prêmios, incluindo dois Oscars, construiu uma carreira de prestígio. Hoje, aos 63 anos, ela confessa aos jornais britânicos que ficar nua para o mais recente trabalho  “Boa sorte, Leo Grande” foi um grande desafio, devido às mulheres da sua idade não serem encorajadas a amarem os próprios corpos. 

“Precisei de coragem para ficar nua, não gosto do meu corpo”, desabafa Thompson.

Em entrevista à agência de notícias BBC News, a artista conta como o novo filme foi importante para ela refletir sobre como as mulheres maduras lidam com a aparência e sexualidade, já que esses corpos são raramente retratados como belos ou desejáveis.

Leia Também:  3 cosméticos alternativos que ajudam a hidratar a pele

“Minha pergunta para todos hoje em dia é: por que estamos desperdiçando nosso tempo, paixão, energia e dinheiro nos odiando em vez de aproveitar o corpo que temos para viver?”, questiona a artista. 

O filme “Boa sorte, Leo Grande”, que chegara aos cinemas brasileiros em julho, apresenta a personagem Nancy Stokes, uma professora viúva de 55 anos, que decide buscar um profissional do sexo para cumprir uma lista de desejos sexuais, sendo um deles, ter o primeiro orgasmo. 

A atriz também argumenta a importância do movimento Me too em 2017, quando houve uma onda de denúncias de assédio sexual, especialmente na indústria cinematográfica. Emma  afirma que esse movimento foi importante para se debater sobre consentimento e o tema também é abordado em “Boa sorte, Leo Grande”. 

“Temos um grande problema com sexo, temos um grande problema com violência sexual. Se o prazer sexual fosse mais e melhor compreendido, acho que veríamos uma grande queda nessa violência”, fala Emma. 

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram. Clique no link para entrar no grupo. Siga também  o perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mulher

Leia Também:  Jennifer Hudson é a segunda mulher preta a conquistar o status de EGOT

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Mulher

Flacidez pós-parto: veja como combater

Published

on

Flacidez pós-parto: veja como combater
Redação EdiCase

Flacidez pós-parto: veja como combater

Será que meu corpo vai voltar ao normal? Essa é uma pergunta frequente no consultório, quando a mulher está no período da gestação ou do pós-parto. Entre as aflições mais comuns das gestantes estão a flacidez, as estrias e o ganho de peso.

O que é flacidez?

Para entender o que é a flacidez, devemos pensar que nossa pele é como um elástico formado de colágeno e elastina. Quando esse elástico é esticado além de sua capacidade de suportar, surge a flacidez. E, quando ocorre a ruptura de suas fibras, temos as estrias.

Como evitar a flacidez ?

Os cuidados para evitar a flacidez no pós-parto devem começar durante a gestação. Entre eles, destacam-se: evitar o ganho excessivo de peso, ter uma alimentação rica em proteínas, manter uma boa hidratação da pele, usar roupas que garantam uma boa sustentação e torcer para que a genética nos favoreça.

O que fazer se ela aparecer?

Contudo, muitas vezes, mesmo com todos os cuidados, a flacidez aparece. E agora? Hoje em dia temos muitos tratamentos ao nosso alcance e, quanto mais precocemente iniciarmos, melhor será o resultado. O objetivo dos tratamentos é estimular a produção de colágeno e elastina, e assim melhorar a sustentação da pele. Podemos dividir os tipos de tratamento em domiciliar e o realizado em consultório.

Leia Também:  Juiz que ordenou prisão de Milton Ribeiro diz estar recebendo ameaças

Tratamentos domiciliares

Nos tratamentos domiciliares destaca-se o uso de cremes à base de ácido retinóico ou, ainda, vitamina C. Apesar da correria com o bebê, não devemos nos esquecer de manter uma hidratação profunda da pele com emolientes, silanóis, D-pantenol, ceramidas, entre outros. Uma alimentação equilibrada e rica em proteínas continua sendo imprescindível para voltar mais rapidamente ao peso ideal.

Atividades físicas contra a flacidez

Outro recurso útil é o uso de cintas elásticas para garantir mais sustentação ao abdome e melhorar a postura. Além disso, assim que for liberada pelo ginecologista, a mãe deve tentar voltar às atividades físicas, dando atenção especial aos famigerados exercícios abdominais, pois, à medida que a flacidez muscular diminui, a aparência geral da pele melhora.

Tratamentos no consultório médico

Entre os tratamentos realizados em consultório que podem ser iniciados durante a amamentação destacam-se os peelings (com ácidos ou com cristal), a microdermoabrasão, a radiofrequência, o microagulhamento e os lasers.

Por Meire Gonzaga

Dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, preceptora do Curso de Pós-Graduação em Cosmiatria da Faculdade de Medicina do ABC e consultora dermatológica do FEMME Laboratório da Mulher.

Leia Também:  Dia de São João: aprenda 3 simpatias

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI