NOTÍCIA 1

Bandido se passa por oficial da PMAC e oferece pistola “raspada” por R$ 4 mil a servidor público

Published

on

Um internauta que se nega dizer seu nome e ocupação ofereceu há pouco uma pistola 380 “raspada” a um servidor público. A arma, segundo ele, foi obtida “durante uma operação”. O primeiro contato foi feito pelo chat do Facebook. Em seguida, o perfil foi apagado e o diálogo transcorreu via Whatsapp. Dois carregadores acompanhariam a arma, que custaria R$ 4 mil.
Desconfiado, o servidor público instigou o falsário a contar mais detalhes, mas ele passou a xingá-lo, certo de que a negociação não vingaria.
No decorrer da conversa, o vendedor da pistola disse que seria um oficial da Polícia Militar do Acre bastante conhecido. A reportagem não citará o nome do militar por entender que se trata de um golpe denunciado horas antes pelo acjornal (veja aqui), já investigado pelas forças policiais do estado.
“Primeiro ele disse que era coronel. Parei a conversa sem ele dizer como eu deveria pagar pela arma”, disse o servidor.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em agosto, Acre registrou queda de 65% nos óbitos por Covid-19
Advertisement

manchete2

Rio Branco e outras cidades do Baixo, Alto Acre e Purus avançam para bandeira verde em avaliação do Comitê Covid

Published

on

As regionais do Baixo Acre, Alto Acre e Purus avançaram para a bandeira verde, que representa cuidado, na avaliação do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19. Já as regionais Juruá e Tarauacá/Envira permaneceram em bandeira amarela, que é de atenção.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (1º) pelo governo do Acre e representa o período de avaliação do dia 13 a 26 de março.

Na última avaliação, divulgada no dia 7 de março, o governador Gladson Cameli manteve todas as cidades do Acre em nível de atenção (bandeira amarela) na classificação de risco da pandemia até o dia 31 de março, após aumento de casos no mês de fevereiro.

Porém, em março os indicadores voltaram a apresentar uma melhora no número de casos e mortes.

Regiões

  • Alto Acre: Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri – faixa verde;
  • Baixo Acre e Purus: Acrelândia, Bujari, Capixaba, Jordão, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Senador Guiomard – faixa verde;
  • Vale do Juruá e Tarauacá/Envira: Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Tarauacá – faixa amarela.
Leia Também:  Google Maps passa a mostrar a qualidade do ar pelo celular

Como funciona a fase verde

Na fase verde podem funcionar os seguintes estabelecimentos: Restaurantes, bares, pizzarias, sorveterias e outros estabelecimentos similares. Além de teatros, cinemas e apresentações culturais, como também evento religiosos com 80% da capacidade.

Lojas de móveis, eletrodomésticos, eletrônicos, comunicação, informática, áudio, vídeo e colchoarias podem continuar funcionando com todos os protocolos sanitários e aumentando a capacidade limitada de 80%, além de delivery e drive-thru.

A regra vale ainda para lojas de materiais de construção, empresas e obras do ramo da construção civil e demais estabelecimentos como olaria, cerâmicas, serraria, marcenarias e marmorarias.

Feiras livres, comércios de rua, ambulantes e outros também seguem abertos seguindo as orientações de segurança. Para hotéis, shoppings, salões de beleza e motéis a capacidade de funcionamento é a mesma.

Com informações Ecos da Notícia

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI