NOTÍCIA 2

Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro para assumir a Casa Civil

Published

on

Presidente nacional do Progressistas, o senador Ciro Nogueira (PI) aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir a Casa Civil.
O parlamentar piauiense já comunicou o aceite a outros caciques do Centrão e a lideranças do Progressistas no Congresso Nacional.
A informação foi confirmada à coluna por pelo menos três aliados de Nogueira, entre eles, o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR).
As negociações para o senador assumir a Casa Civil começaram antes do recesso parlamentar e foram concretizadas na tarde dessa terça-feira (20/7).
As tratativas se iniciaram de forma presencial, em Brasília, e foram concluídas na terça por telefone, pois o senador está de férias fora do Brasil.
Nogueira assumirá a pasta no lugar do general da reserva Luiz Eduardo Ramos, que deve ser transferido para a Secretaria-Geral da Presidência.
Atual ministro da Secretaria-Geral, Onyx Lorenzoni deve assumir o Ministério do Trabalho, que será recriado — a pasta estava sob a alçada do Ministério da Economia.
As mudanças devem ser publicadas no Diário Oficial da União até o início da próxima semana, quando os ministros devem ser empossados.
 

Leia Também:  Bolsonarista bandido, prefeito do PSL é preso com 500 mil que seriam usados para financiar atos em 7 de setembro

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

manchete 3

Após “Inimigos da Educação”, sindicato lança campanha “Amigos da Educação”

Published

on

A estratégia do Governo estadual não saiu como o esperado após a aprovação do percentual de 5,42% oferecido aos servidores públicos. Revoltados, os trabalhadores prometem ser “uma pedra no sapato” dos gestores e dos deputados da base de apoio ao Executivo.
Logo após a votação na Aleac durante sessão extraordinária realizada na madrugada desta sexta-feira, 1° de abril, servidores da Educação deram início a campanha “Inimigos da Educação” que tem por objetivo mostrar para a população que foram os gestores e parlamentares que votaram a favor do governo e contra os servidores.
Já na tarde de hoje o Sinteac divulgou nas redes sociais a uma nova campanha, desta vez com objetivo de mostrar quem são os parlamentares que ficaram do lado dos servidores. Um banner comos dizeres “Amigos da Educação. Todos foram guerreiros. Obrigado deputados, passou a circular nas redes sociais.
Sindicatos como da Educação, Saúde, Médicos e Policiais Civis afirmaram que não darão trégua ao governador Gladson Cameli e também aos parlamentares da base de apoio do governo até o final das eleições.
Fonte: Notícias do Acre

Leia Também:  Com PEC aprovada, Bolsonaro soma R$ 343 bi em medidas eleitoreiras

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI