NOTÍCIA 2

Idoso é preso após tomar 11 doses de vacina contra Covid

Published

on

Um idoso indiano que disse ter recebido 11 doses de vacina contra a Covid-19 foi preso em um centro de saúde. Ele mora em Bihar, na Índia, tem 84 anos e pretendia tomar a 12ª dose.
Brahmadeo Mandal falou que usou carteiras de identidade diferentes para conseguir tomar as doses. Ele também apresentou diferentes números de celular de seus parentes, segundo informou o jornal The Independent.

Uma investigação sobre o caso foi iniciada, e ao menos oito doses administradas a ele já foram confirmadas.
O indiano disse à rede BBC que se sentia melhor após cada dose.
– Depois de tomar as doses, minhas dores no corpo desapareceram. Eu costumava ter dores nos joelhos e andava com uma bengala. Agora não. Me sinto bem – declarou.
– O governo fez uma coisa maravilhosa – disse ele ainda ao The New Indian Express.
Antes de se aposentar, Mandal trabalhava para uma empresa local semelhante aos Correios. De acordo com o jornal O Tempo, ele disse que recebeu a primeira vacina no dia 13 de fevereiro de 2021 e, depois, voltou em março, maio, junho, julho e agosto.
O Globo

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  SP autoriza dose de reforço para quem iniciou vacinação com Janssen
Advertisement

manchete 3

Após “Inimigos da Educação”, sindicato lança campanha “Amigos da Educação”

Published

on

A estratégia do Governo estadual não saiu como o esperado após a aprovação do percentual de 5,42% oferecido aos servidores públicos. Revoltados, os trabalhadores prometem ser “uma pedra no sapato” dos gestores e dos deputados da base de apoio ao Executivo.
Logo após a votação na Aleac durante sessão extraordinária realizada na madrugada desta sexta-feira, 1° de abril, servidores da Educação deram início a campanha “Inimigos da Educação” que tem por objetivo mostrar para a população que foram os gestores e parlamentares que votaram a favor do governo e contra os servidores.
Já na tarde de hoje o Sinteac divulgou nas redes sociais a uma nova campanha, desta vez com objetivo de mostrar quem são os parlamentares que ficaram do lado dos servidores. Um banner comos dizeres “Amigos da Educação. Todos foram guerreiros. Obrigado deputados, passou a circular nas redes sociais.
Sindicatos como da Educação, Saúde, Médicos e Policiais Civis afirmaram que não darão trégua ao governador Gladson Cameli e também aos parlamentares da base de apoio do governo até o final das eleições.
Fonte: Notícias do Acre

Leia Também:  SP autoriza dose de reforço para quem iniciou vacinação com Janssen

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI