Polícia Federal

Operação da PF visa organização criminosa volta ao tráfico de drogas

Published

on

Cuiabá/MT. A Polícia Federal deflagrou, nesta segunda-feira (16/05), nos municípios de Cuiabá-MT, Várzea Grande/MT, Mirassol D `Oeste/MT, Poconé/MT e Pontes e Lacerda/MT a Operação Jumbo, com cumprimento de mandados expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá-MT.

A investigação evidenciou a existência de uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, que movimentou cerca de R$ 350 milhões em um período de quatro anos.

Foi apurado também que os investigados adquiriam cocaína no município de Porto Esperidião/MT, acondicionavam em Mirassol D`Oeste/MT. Em seguida, faziam a distribuição na capital mato-grossense.

No decorrer dos trabalhos policiais, com o apoio da Polícia Militar e do Gefron, foi possível interceptar dois carregamentos de drogas, totalizando 210kg de cocaína.

Além disso, a investigação apontou que a organização criminosa se utilizava de postos de combustíveis em Cuiabá/MT para a lavagem de dinheiro decorrente do tráfico de drogas.

As investigações e diligências contra o tráfico continuam, com especial atenção à prisão das lideranças e descapitalização de organizações criminosas.

Assessoria de Imprensa da Polícia Federal em Mato Grosso

Leia Também:  PF deflagra Operação Rebanho Proibido, de combate ao desmatamento na região amazônica

[email protected]

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Polícia Federal

PF apreende R$ 2 mil em cédulas falsas em Fortaleza/CE

Published

on

Fortaleza/CE – A Polícia Federal prendeu uma mulher, de 20 anos, e realizou a apreensão de R$ 2 mil em cédulas falsas nesta segunda-feira (27/6), no bairro Mondubim, em Fortaleza/CE. O trabalho foi desenvolvido em conjunto com os Correios.

O flagrante aconteceu no momento em que a suspeita recebia encomenda contendo 20 cédulas de R$ 100 falsas. A presa confessou o crime aos policiais. Também foi apreendido o seu aparelho celular.

A presa foi indiciada por crime de moeda falsa, conforme o artigo 289, parágrafo primeiro, do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de reclusão de 3 a 12 anos e se encontra à disposição da Justiça Federal.

As investigações continuam para análise da mídia apreendida e identificação de demais participantes do crime flagrado.

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 3392-4868/99720194

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Federal prende homem por porte de arma sem a devida documentação
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI