Polícia Federal

PF realiza prisão de estrangeiro no Maranhão

Published

on

São Luís/MA – A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (26/6), em São Luís/MA, um estrangeiro foragido da Justiça da República Popular da China, desde 2013, e procurado pela INTERPOL, figurando na Lista de Difusão Vermelha (Red Notice). O mandado de prisão foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal.

O natural chinês, de 56 anos, é acusado de fraude contra o sistema financeiro da China, podendo ser condenado a pena de até sete anos de prisão.

A Representação Regional da INTERPOL no Maranhão realizou um complexo trabalho de investigação para confirmação da identidade do estrangeiro, que há nove anos atuava como comerciante no centro de São Luís. A prisão foi realizada no momento em que o suspeito chegava ao local de trabalho.

Foram realizados, ainda, exames prosopográficos, em que a identificação de suspeito é feita a partir da comparação de forma objetiva e metodológica dos elementos constitutivos da face apresentados em fotos.

Agora, ele permanecerá à disposição da Justiça aguardando os trâmites relativos ao processo de extradição.

Leia Também:  Operação Ninja desarticula organização criminosa responsável por financiamentos fraudulentos

Comunicação Social da Polícia Federal no Maranhão

[email protected]

Telefone: (98) 31315295

(98) 991286428

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Polícia Federal

PF combate crimes ambientais na terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau em Rondônia

Published

on

Ji-Paraná/RO – A Polícia Federal, com apoio da Funai, Ibama e Polícia Militar, deflagrou nesta terça-feira (28/06) a segunda fase da operação S.O.S URU com o objetivo de dar continuidade no combate de ilícitos ambientais na terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau.

A Polícia Federal recebeu informações de que criminosos estariam retomando com atividades criminosas de extração ilegal de madeira e invasão de terras públicas após a deflagração da operação SOS URU em Novembro de 2021. Diante deste cenário e visando inibir ilícitos no interior e mediações da terra indígena nova ação foi realizada neste ano, desta vez, com três frentes de atuação, terrestre, sobrevoo e incursões em rios navegáveis na região Norte e Sul.

Diligências foram realizadas para instruir investigações em andamento que tramitam na Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná/RO.

Durante as incursões e sobrevoos foram encontrados diversos pontos de desmate com árvores derrubadas no interior da terra indígena, um acampamento improvisado, motos utilizadas no deslocamento interno dos infratores. Todos estes meios para a prática de infrações ambientais foram inutilizados, em conjunto com o Ibama, visando cessar a continuidade de atividades criminosas. Vale destacar também que foram inutilizadas redes de pescas ao longo do principal rio da terra indígena que estavam atentando contra a fauna local.

Leia Também:  MPAC realiza visita institucional a abrigos para migrantes

Além de medidas administrativas que foram tomadas pelos órgãos envolvidos na segunda fase da operação S.O.S URU, as ações desenvolvidas contribuíram para inibir a continuidade da degradação na natureza e, especialmente, desarticular o financiamento de práticas criminosas na Uru-Eu-Wau-Wau que possui índios isolados.

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia
Telefone: (69) 3216-6242 / 6270
E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI