Polícia Federal

Polícia Federal prende homem com dinheiro falso

Published

on

Ipatinga/MG. Na tarde desta terça-feira, 21/6, a PF prendeu em flagrante, no município de Inhapim/MG, um homem pelo crime de moeda falsa.

A partir de informações oriundas da Unidade Especial de Repressão a Falsificação de Moeda da Polícia Federal, foi identificado um suspeito que estaria recebendo cédulas falsas.

Após o homem receber a encomenda, foi constatado que nela havia 20 cédulas falsas de R$ 50. Essas cédulas foram vistoriadas e percebeu-se que elas havia características similares às verdadeiras, com simulação dos elementos de segurança, e repetiam o mesmo número de série, impossível de ocorrer com uma nota verdadeira.

O autuado foi indiciado pelo crime de moeda falsa e poderá ser condenado até 12 anos de reclusão.

A realização de trabalhos desta natureza evita a circulação de cédulas falsas no mercado, o que gera inflação e desvalorização da moeda, além dos prejuízos aos comerciantes.

Este foi o terceiro flagrante realizada pela unidade nos últimos 15 dias.

Comunicação Social

Ipatinga/MG

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Federal prende condenado por genocídio
Advertisement

Polícia Federal

PF combate crimes ambientais na terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau em Rondônia

Published

on

Ji-Paraná/RO – A Polícia Federal, com apoio da Funai, Ibama e Polícia Militar, deflagrou nesta terça-feira (28/06) a segunda fase da operação S.O.S URU com o objetivo de dar continuidade no combate de ilícitos ambientais na terra indígena Uru-Eu-Wau-Wau.

A Polícia Federal recebeu informações de que criminosos estariam retomando com atividades criminosas de extração ilegal de madeira e invasão de terras públicas após a deflagração da operação SOS URU em Novembro de 2021. Diante deste cenário e visando inibir ilícitos no interior e mediações da terra indígena nova ação foi realizada neste ano, desta vez, com três frentes de atuação, terrestre, sobrevoo e incursões em rios navegáveis na região Norte e Sul.

Diligências foram realizadas para instruir investigações em andamento que tramitam na Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná/RO.

Durante as incursões e sobrevoos foram encontrados diversos pontos de desmate com árvores derrubadas no interior da terra indígena, um acampamento improvisado, motos utilizadas no deslocamento interno dos infratores. Todos estes meios para a prática de infrações ambientais foram inutilizados, em conjunto com o Ibama, visando cessar a continuidade de atividades criminosas. Vale destacar também que foram inutilizadas redes de pescas ao longo do principal rio da terra indígena que estavam atentando contra a fauna local.

Leia Também:  Ação conjunta da Polícia Federal reprime desmatamento no Pará

Além de medidas administrativas que foram tomadas pelos órgãos envolvidos na segunda fase da operação S.O.S URU, as ações desenvolvidas contribuíram para inibir a continuidade da degradação na natureza e, especialmente, desarticular o financiamento de práticas criminosas na Uru-Eu-Wau-Wau que possui índios isolados.

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia
Telefone: (69) 3216-6242 / 6270
E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI