POLÍCIA

Ação conjunta tira mais de 120 quilos de drogas das ruas de Cruzeiro do Sul

De acordo com informações do delegado Heverton Carvalho, os traficantes já vinham sendo investigados.

Published

on

Uma ação conjunta entre Policia Civil, PM, PF e GEFRON apreendeu 120kg de entorpecentes que serviriam para abastecer diversos municípios acreanos. A apreensão aconteceu no bairro Miritizal, segundo distrito da cidade. Um homem de 24 anos foi preso em flagrante e conduzido a sede da PF.

O traficante já era conhecido pela polícia. “A gente já vinha acompanhando-o e a polícia ficou sabendo, por intermédio da investigação, que ele receberia essa quantidade de entorpecentes que estaria descendo pelo rio e foi montado o cerco policial”, explicou o delegado.

Outra operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar, neste fim de semana, resultou na apreensão de 9kg de maconha e na prisão de quatro peruanos em Marechal Thaumaturgo. A investigação aponta que o destino dessa substância seria Cruzeiro do Sul.

De acordo com informações do delegado Heverton Carvalho, os traficantes já vinham sendo investigados e assim que a Polícia Civil tomou conhecimento que eles haviam chegado na cidade, acionaram a PM e um cerco foi feito na hospedaria. “A partir desse cerco foi localizado no quarto deles essa quantidade de entorpecentes”, relatou.

Leia Também:  Prefeitura vai pintar faixas de pedestre e linhas divisórias de azul, avisa diretor da RBTrans

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Mulher é presa em Rio Branco por aplicar golpe do PIX

Published

on

Uma mulher identificada pelo nome de Katianne Silva, 32 anos, foi presa na tarde de domingo, 25, pelo crime de estelionato, em Rio Branco (AC).

A mulher encaminhava falso comprovante para simular o pagamento em uma rede de estabelecimento, aplicando o famoso golpe do PIX.

De acordo com informações, o gerente percebeu a falta do dinheiro, levou a polícia até o hotel onde estava hospedada e lá ela não conseguiu comprovar o pagamento das compras, ocasionando na prisão.

Presa em flagrante pela polícia, ela foi indiciada por tentativa de estelionato e compras ilícitas, mas acabou sendo liberada após audiência de custódia. Se condenada, pode pegar de um a cinco anos por estelionato

O proprietário alegou que desde fevereiro ela vinha comprando e passando comprovantes falsos ao estabelecimento, totalizando um prejuízo de R$ 28 mil.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PRF e Polícia Militar apreendem 58 quilos de entorpecentes no Acre
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI