destaque2

Acre: delegado relata a impiedosa execução de mulher, a mando do marido, de dentro da cadeia

Published

on

A policia da cidade de Mâncio Lima, no interior do Acre, conseguiu desvendar, em menos de duas semanas, o assassinato de uma jovem de 26 anos, cujo corpo foi encontrado enterrado em uma cova rasa em um chavascal na zona rural daquele município.
O chocante é que o assassinato de Genágila Nascimento de Lima, moradora de Cruzeiro do Sul, a 35 quilômetros de Mancio Lima, foi planejado pelo próprio companheiro dela, o presidiário identificado por “Bebezão”, acusado de integrar uma facção criminosa e tentar resgatar detentos de dentro de um presídio acreano.
O crime foi encomendado de dentro da penitenciária estadual Manoel Nery, na cidade de Cruzeiro do Sul, junto a um companheiro de facção do esposo da vitima que estava preste a ganhar o beneficio da progressão de pena para o regime monitorado.
Ele e recebeu a missão de quando saísse da cadeia matar Genágila por ela ter dado sinais de que não estava mais interessada em manter a união amorosa com “Bebezão”.
O passo a passo do planejamento e execução desse cruel assassinato é narrado, no vídeo abaixo pelo delegado da cidade, José Obtânio dos Santos, que investigou a autoria do crime e já prendeu o criminoso, Gleisson Nascimento, o “Pico”.


A frieza do assassino diante da impotência da vitima minutos antes de ser amarrada para ser executada com um tiro no peito, chega a ser revoltante em decorrência de tanta covardia e impiedade.
No vídeo a seguir o delegado José Obtânio dos Santos dá prosseguimento na narração dos fatos que constituem o passo a passo do assassinato de Genágila lima já no local do calvário dela, escolhido pelo próprio carrasco às margens de uma estrada vicinal conhecida por ramal do Chaparral.

Gleisson Nascimento foi preso terça-feira e após confessar o crime com riqueza de detalhes foi encaminhado de volta ao presídio estadual Manoel Nery.
A polícia tenta localizar e prender dois homens que teriam feito a entrega do dinheiro para pagamento do assassino e acompanhado a execução de Genágila à distancia.

Leia Também:  Flávia Alessandra apreoveita férias com o marido na Grécia: “Matando a saudade!”

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

destaque2

Lei que proíbe uso de fogos de artifício barulhentos em eventos no Acre é aprovada

Published

on

Com o objetivo de preservar tanto pessoas idosas, autistas e até o mesmo os animais, a lei que proíbe a venda e uso de fogos de artifícios barulhentos em eventos no Acre foi aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (12).

O PL, de autoria do deputado estadual Pedro Longo em coautoria com a deputada Meire Serafim, foi apresentado na semana passada e apreciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e em seguida levado a plenário.

“Esse projeto atende a demanda de muitas famílias que têm pessoas autistas, enfermos e também daquelas entidades que fazem o resgate de proteção aos animais, já que além das pessoas com maior sensibilidade, os animais também sofrem muito com estes fogos com estampido, acabam fugindo, se sequelando e muitas vezes morrendo. Então, é um projeto com uma grande relevância social e, agora, esperamos que rapidamente o governador Gladson Cameli sancione para que se torne lei”, disse o deputado.

Na lei aprovada, é dado um prazo de 60 dias para os comerciantes que trabalham neste ramo se adequarem à nova lei assim que ela for sancionada.

Leia Também:  BBB: Mulher de DG fala sobre ação de haters para cima de Arthur Aguiar

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI