POLÍCIA

Acre: já está no presídio homem que abusava de menor de 11 anos há mais de 12 meses

Published

on

Ascom/Polícia Civil do Acre
Na tarde desta quinta-feira, 14, uma equipe de agentes da Polícia Civil se deslocou à comunidade Torre da Lua, na zona rural do município de Rodrigues Alves, para investigar uma denúncia de estupro de vulnerável cometido contra uma criança de 11 anos de idade.
Ao chegar no local, os agentes conseguiram encontrar o suspeito e deram voz de prisão a ele. Trata-se de um homem, das iniciais F.C.S., de 28 anos. Conforme apurado pela Polícia Civil, o investigado vinha mantendo relações com a vítima há aproximadamente um ano.
Dessa forma, a Polícia Civil conduziu o suspeito até a delegacia para ser flagranteado e encaminhado ao presídio. A vítima também foi conduzida à sede da Polícia Judiciária, na companhia do seu genitor, para ser ouvida e posteriormente será encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para ser submetida ao exame de conjunção carnal.
O delegado José Obetânio, que responde pelas delegacias de Rodrigues Alves e Mâncio Lima, ressalta que a prisão de pedófilos tem sido uma constante nesses dois municípios, e que as vítimas e familiares deixaram de lado o medo e a vergonha e começaram a ser encorajadas, denunciando criminosos e agressores nos crimes que envolvem a dignidade sexual e a violência doméstica.

Leia Também:  Alagamento em presídio do Acre: promotor pede transferência de 150 sentenciados

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Homem é encontrado morto em Rio Branco com suspeita de overdose

Published

on

Um homem de 35 anos foi encontrado morto no último sábado, em Rio Branco. O óbito foi constatado pelo Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a suspeita da causa da morte é uma overdose de álcool e drogas. Peritos da Polícia Civil estiveram no local e investigam o motivo da morte do rapaz.

J. P. S. foi encontrado pelos familiares com o corpo inchado, contendo vários hematomas. O homem era depende químico e tentava se livrar dos vícios, tinha passagem por várias casas de reabilitação, mas, ainda não tinha conseguido sua reabilitação.

Familiares pediram à polícia que investigue a morte de João Paulo, já que eles suspeitam que de o homem tenha sido assassinado.

O Instituto Médico Legal, foi até o local, e removeu o corpo do rapaz, em seguida encaminhou a sede, para os procedimentos cabíveis. O Caso será investigado por uma equipe de policiais Civis de Rio Branco.

Com informações A Gazeta do Acre

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Diego, diretor do Procon, deixa o presídio, mas vai usar tornozeleira eletrônica
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI