POLÍCIA

Foragido do Acre, “Gladiador” é preso em Balneário Camboriú, em Santa Catarina

Published

on

Após trabalho investigativo da Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico – Denarc e com apoio da Polícia Civil de Santa Catarina por meio da DELEGACIA DE CAPTURAS da DEIC e com apoio da DIC de Balneário Camboriú cumpriu, nesta tarde, mandado de prisão por sentença condenatória de autor de ROUBO MAJORADO à uma joalheria no Estado do ACRE.

Após troca de informações com o DENARC da Polícia Civil do Estado do Acre, foi possível descobrir o paradeiro de EDSON DE ALENCAR ARAÚJO, Vulgo “Gladiador” que é natural de Tarauacá/Acre e estava homiziado em Santa Catarina desde a expedição do mandado, no ano de 2019.

Dessa forma, em diligências na cidade de Balneário Camboriú, o mesmo foi localizado e preso.

Durante a abordagem EDSON informou nome falso, apresentando inclusive documento RG  expedido no Rio Grande do Norte, em nome de EDSON RIBEIRO DE CASTRO, motivo pelo qual recebeu voz de prisão em flagrante e posteriormente autuado por uso de documento falso.

Leia Também:  Em Manoel Urbano, festa termina em pancadaria generalizada

O acusado já havia sido preso por integrar organização criminosa que agia no Acre.

Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Mulher é presa em Rio Branco por aplicar golpe do PIX

Published

on

Uma mulher identificada pelo nome de Katianne Silva, 32 anos, foi presa na tarde de domingo, 25, pelo crime de estelionato, em Rio Branco (AC).

A mulher encaminhava falso comprovante para simular o pagamento em uma rede de estabelecimento, aplicando o famoso golpe do PIX.

De acordo com informações, o gerente percebeu a falta do dinheiro, levou a polícia até o hotel onde estava hospedada e lá ela não conseguiu comprovar o pagamento das compras, ocasionando na prisão.

Presa em flagrante pela polícia, ela foi indiciada por tentativa de estelionato e compras ilícitas, mas acabou sendo liberada após audiência de custódia. Se condenada, pode pegar de um a cinco anos por estelionato

O proprietário alegou que desde fevereiro ela vinha comprando e passando comprovantes falsos ao estabelecimento, totalizando um prejuízo de R$ 28 mil.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ex-funcionária do CRAS que deu golpe de R$ 10 mil em idosa é identificada pela Polícia Civil
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI