POLÍCIA

Já está preso homem que estuprou filhas gêmeas de 13 anos no interior do Acre

Published

on

Na tarde de ontem, 24, as Policias Civil e Militar prenderam J.A.D.N., 52 anos, acusado de estupro de vulnerável. O homem, que é morador do Ramal da Branca, Zona Rural de Rodrigues Alves, é investigado pelo estupro de suas duas filhas de 13 anos. As gêmeas sofriam abuso sexual há vários anos, mas só agora o caso foi levado à Polícia.
De acordo com o delegado José Obetânio, que preside o caso, este mesmo homem já teria sido preso no ano de 2004 por ter estuprado a filha mais velha dele. Obetânio disse que nos últimos meses tem aumentado o número de investigados por crimes contra a dignidade sexual.
“Esses crimes sexuais sempre existiram, sendo que na maioria dos casos, os estupradores são pessoas próximas das vítimas. Esse papel da Polícia Judiciária em divulgar essas prisões e dar toda a atenção a esse tipo criminal, tem resultado no encorajamento das vítimas e de familiares, que levam os casos ao conhecimento da Polícia”, disse Obetânio.
O estupro de vulnerável é a conjunção carnal ou qualquer ato libidinoso com menores de 14 anos, com ou sem consentimento; pessoas que, por enfermidade ou deficiência mental, não possuem o discernimento necessário para a prática do ato, bem como, por qualquer outra razão, não possa oferecer resistência. A pena é de reclusão, de 8 a 15 anos.
Após a lavratura de auto de prisão em flagrante na delegacia de Rodrigues Alves, o homem foi encaminhado ao presídio Manoel Néri, em Cruzeiro do Sul, ficando à disposição do Poder Judiciário.

Leia Também:  PF prende homem por abuso sexual e estupro contra menor

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Homem é encontrado morto em Rio Branco com suspeita de overdose

Published

on

Um homem de 35 anos foi encontrado morto no último sábado, em Rio Branco. O óbito foi constatado pelo Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a suspeita da causa da morte é uma overdose de álcool e drogas. Peritos da Polícia Civil estiveram no local e investigam o motivo da morte do rapaz.

J. P. S. foi encontrado pelos familiares com o corpo inchado, contendo vários hematomas. O homem era depende químico e tentava se livrar dos vícios, tinha passagem por várias casas de reabilitação, mas, ainda não tinha conseguido sua reabilitação.

Familiares pediram à polícia que investigue a morte de João Paulo, já que eles suspeitam que de o homem tenha sido assassinado.

O Instituto Médico Legal, foi até o local, e removeu o corpo do rapaz, em seguida encaminhou a sede, para os procedimentos cabíveis. O Caso será investigado por uma equipe de policiais Civis de Rio Branco.

Com informações A Gazeta do Acre

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cauã Reymond revela que já foi preso nos Estados Unidos
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI