POLÍCIA

Motorista é preso pela PRF transportando 202 kg de drogas no Acre; facção prometeu caminhão e perdeu R$ 12 milhões

Published

on

Um motorista de uma carreta, que não teve o nome divulgado, foi preso acusado de tráfico de drogas na noite desta quarta-feira (20), no km 90 da BR-364. próximo ao entroncamento da Estrada de Acrelândia, no município de Acrelândia, no interior do Acre.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma equipe estava fazendo um patrulhamento de rotina pela BR-364, quando os PRFs abordaram uma carreta bitrem modelo VOLVO/FH 400, de cor branca, que trafegava no sentido Rio Branco-Porto Velho. Durante as rápidas perguntas, o motorista apresentou um certo nervosismo e uma inconsistência nas informações, passando assim a ser suspeito.

Em uma rápida vistoria na carreta, foi percebido que havia algumas mudanças na área da cabine do motorista, sendo necessário levar o veículo até o posto de fiscalização da PRF em Rio Branco. Já no posto da PRF, foi necessário pedir apoio ao Corpo de Bombeiros, que com auxílio de algumas ferramentas, identificou que dentro de um compartimento havia drogas.

Leia Também:  Em Cruzeiro do Sul, alunos precisam abandonar escola por conta da fumaça de incêndio

 

Na Hora da Notícia

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Mulher é presa em Rio Branco por aplicar golpe do PIX

Published

on

Uma mulher identificada pelo nome de Katianne Silva, 32 anos, foi presa na tarde de domingo, 25, pelo crime de estelionato, em Rio Branco (AC).

A mulher encaminhava falso comprovante para simular o pagamento em uma rede de estabelecimento, aplicando o famoso golpe do PIX.

De acordo com informações, o gerente percebeu a falta do dinheiro, levou a polícia até o hotel onde estava hospedada e lá ela não conseguiu comprovar o pagamento das compras, ocasionando na prisão.

Presa em flagrante pela polícia, ela foi indiciada por tentativa de estelionato e compras ilícitas, mas acabou sendo liberada após audiência de custódia. Se condenada, pode pegar de um a cinco anos por estelionato

O proprietário alegou que desde fevereiro ela vinha comprando e passando comprovantes falsos ao estabelecimento, totalizando um prejuízo de R$ 28 mil.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Na Aleac, deputado Calegário defende políticas públicas de geração de emprego e renda
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI