POLÍCIA

Mulher encontrada morta, em via pública no bairro Raimundo Melo, disputava com o ex-marido a posse de uma moto

Published

on

O assassinato de Jacineide Fereira de Lima (40) ocorrido no dia 23 do mês passado no beco do Bambu, no Bairro Raimundo Melo, em Rio Branco, ainda é mistério para a policia. Mas já se sabe que ela vinha travando disputa familiar com o ex-marido pela posse de uma motocicleta.
Recém separada, a mulher se recusava a ceder às pressões do ex-companheiro para lhe entregar uma moto, modelo CG 150, marca Honda, que ele alegava ter direito por entender que se tratava de um veiculo propício para homem.
Jacineide argumentava que não tinha condições de entregar a motocicleta ao ex-marido pelo fato de ser o único meio de transporte que tinha para ir trabalhar.
Uma vizinha da vitima chegou a declarar na Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção de Pessoas (DHPP) onde o caso é investigado, que a disputa pela posse da motocicleta vinha gerando discussões entre o ex-casal, inclusive com agressões verbais e ameaças de morte por parte do homem à ex-companheira.
O citado, que não teve o nome revelado pela policia, chegou a ser intimado a prestar depoimento sobre a morte de Jacineide e confirmou o desejo de ficar com a motocicleta, mas negou qualquer desavença com a ex-mulher por causa da posse do veículo e acabou sendo liberado.
Jacineide Ferreira Lima era funcionária pública, lotada na escola estadual Djalma Teles Galdino. O corpo dela foi encontrado por populares jogado em via pública, sem as roupas de baixo, após ouvirem gritos de pedido de socorro.
Trabalhadores de uma oficina de carros, nas imediações, relataram à policia que viram quando a vitima passou correndo, gritando por socorro e seminua, em direção ao beco onde já caiu morta com marcas de várias perfurações feitas à faca.

Leia Também:  Covid: detentos do maior presídio do Acre receberão a 3ª dose até a próxima segunda-feira

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLÍCIA

Homem é encontrado morto em Rio Branco com suspeita de overdose

Published

on

Um homem de 35 anos foi encontrado morto no último sábado, em Rio Branco. O óbito foi constatado pelo Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a suspeita da causa da morte é uma overdose de álcool e drogas. Peritos da Polícia Civil estiveram no local e investigam o motivo da morte do rapaz.

J. P. S. foi encontrado pelos familiares com o corpo inchado, contendo vários hematomas. O homem era depende químico e tentava se livrar dos vícios, tinha passagem por várias casas de reabilitação, mas, ainda não tinha conseguido sua reabilitação.

Familiares pediram à polícia que investigue a morte de João Paulo, já que eles suspeitam que de o homem tenha sido assassinado.

O Instituto Médico Legal, foi até o local, e removeu o corpo do rapaz, em seguida encaminhou a sede, para os procedimentos cabíveis. O Caso será investigado por uma equipe de policiais Civis de Rio Branco.

Com informações A Gazeta do Acre

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mulher é presa ao tentar entrar com entorpecentes no presídio de Sena Madureira
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI