Política

Bocalom diz que é mentira que Gladson vai assumir o PP e tem certeza que Mailza continua presidente

Published

on

 

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, disse que “é uma mentira muito grande” a informação de que o governador Gladson Cameli vai assumir o PP do Acre. Bocalom não quis chamar o governador de mentiroso e acrescentou que a afirmação falsa deve ter origem no grupo de Cameli.

“É uma mentira muito grande, sabe. Não sei te dizer se é dele… Do grupo dele, só pode ser”, disse. A afirmação do prefeito foi feita durante o Papo Informal desta quinta-feira (23).

Bocalom não acredita que a direção nacional vai tirar a senadora Mailza para colocar o governador. Segundo ele, a parlamentar tem grande prestígio com a direção nacional da agremiação.

“Eu não acredito que ele vai assumir o partido. Colocou aí [na imprensa] que vai assumir. Rapaz, o presidente do partido jamais ia trair a senadora Mailza. A senadora Mailza perdeu o pai dela antes de ontem como é que o presidente do partido ia vir dizer pro governador ‘ó, eu vou lá te nomear como presidente e dar posse para você’. Uma mentira muito grande, sabe. Eu não acredito nisso. A senadora Mailza é uma pessoa muita respeitada dentro do partido em Brasília. Eu duvido que eles fariam qualquer coisa sem falar com ela. E ela falou: ‘comigo ninguém falou nada não, Bocalom. Então pronto, se não falou com ela com certeza não tem verdade naquilo.”

Leia Também:  Irmã de Michelle Melo é exonerada após vereadora voltar a manifestar vontade de disputar o governo

Nesta quarta-feira, deputados estaduais e prefeitos do PP, exceto Bocalom, estiveram em Brasília, acompanhados do governador, e entregaram um ofício à presidência do partido pedindo que Gladson assuma o PP do Acre. A maioria dos filiados está convicta de que o governador vai assumir a direção da agremiação.

Por Notícias da Hora

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Política

Deputados do PP resistem ao nome de Marcia e pedem que vice de Cameli seja escolhido após amplo debate

Published

on

A bancada do Partido Progressistas na Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) emitiu uma nota na tarde desta quarta-feira, 29, reiterando apoio incondicional ao governador Gladson Cameli na condução do processo eleitoral vindouro.

A nota é assinada pelos deputados, Manoel Moraes, Maria Antônia, José Bestene, Nicolau Júnior e Gerlen Diniz.

No documento, os parlamentares reiteram que a escolha do vice atenda, em primeiro lugar, ao critério de confiabilidade do Chefe do Poder Executivo, no entanto, caso a indicação passe pela chancela do grupo político, os deputados querem que o nome seja discutido em um amplo debate.

A nota ocorre após o governador Gladson Cameli deixar no ar a possibilidade de Márcia Bittar ser a sua vice na chapa à reeleição. Nos bastidores políticos, a indicação de Márcia é visto como alguém que atrairia mais prejuízos à candidatura de Cameli à reeleição.

“Deste modo, salientamos que a escolha deste importante nome para composição da chapa majoritária não deve ficar ao sabor de pressões partidárias. Com efeito, por acreditarmos que a confiança possui um elevado teor subjetivo, compreendemos como natural que este nome decorra de uma avaliação pessoal daquele que encabeçará a chapa majoritária nas eleições deste ano”, afirma.

Leia Também:  Servidores da saúde entram em greve em Cruzeiro do Sul

“Contudo, caso o condutor maior deste processo eleitoral opte por abrir respectivo espaço em sua chapa majoritária para uma indicação, registramos que tal nome, além de atender ao critério de confiabilidade, seja fruto de um amplo debate, a partir do mês de julho, entre todos os partidos de sustentação e apoio do Governador Gladson Cameli”, acrescentou.

 

Noticias da Hora

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI