POLITÍCA NACIONAL

Buscas por número de Garcia crescem 75% na internet nas últimas 24h

Published

on

Na reta final da campanha pelo Governo de São Paulo, as buscas pelo número do candidato Rodrigo Garcia (PSDB) cresceram 75% na internet, de acordo com a plataforma Google Trends.

A notícia, já esperada pela campanha do governador, acompanha a previsão de que a ampla margem de indecisos identificada nas pesquisas definiria o voto para governador às vésperas da eleição.

De acordo com a última pesquisa IPESPE, divulgada nesta sexta (30), brancos e nulos chegaram a 10%, enquanto 8% dos entrevistados não souberam responder no cenário estimulado. Na pesquisa espontânea, aqueles que não sabem em quem votar chegaram a 30%. Ainda segundo a IPESPE, Haddad segue na liderança pelo Governo de SP com 34% dos votos válidos. Tarcísio de Freitas com 24% e Rodrigo Garcia com 22% estão empatados tecnicamente.

Leia Também:  Covid: número de casos de síndrome respiratória aguda começa a cair

O aumento do interesse é ainda mais vertiginoso na comparação com o início da semana. As buscas por “número rodrigo garcia” cresceram 400% entre a última sexta (23) e hoje (30).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

POLITÍCA NACIONAL

Frente Ambientalista lista projetos que prejudicariam política ambiental

Published

on

TV Câmara/YouTube

A Frente Parlamentar Ambientalista da Câmara dos Deputados quer mobilizar parlamentares e sociedade civil em torno da luta contra a aprovação de um pacote de projetos de lei que, segundo o colegiado, significam um retrocesso à política ambiental se forem aprovados.

Entre os projetos criticados pela frente, estão:

  • o Projeto de Lei 195/21, que amplia a exploração de madeira em reserva legal (área com cobertura de vegetação nativa), sem propósito comercial, para consumo no próprio imóvel ou em propriedade de parente em primeiro grau.Pelo texto, os agricultores familiares poderão extrair da reserva legal da sua propriedade até 40 metros cúbicos de madeira por ano, sem necessidade de autorização ou comunicação aos órgãos ambientais.Hoje, o Código Florestal dispensa a autorização para o manejo sustentável, mas exige a declaração prévia ao órgão ambiental.A proposta foi aprovada na semana passada na Comissão de Meio Ambiente.
  • o Projeto de Lei 2168/21, que considera de utilidade pública as obras de infraestrutura de irrigação e de dessedentação animal (locais para matar a sede), inclusive os barramentos ou represamentos de cursos d’água.
Leia Também:  PF realiza buscas para coibir crimes ambientais no Parque Nacional Serra da Bocaina, em Paraty

A proposta, que também altera o Código Florestal, permite o corte de vegetação nativa em áreas de proteção permanente (APPs) em caso de utilidade pública, de interesse social ou de atividades de baixo impacto ambiental.

O texto também foi aprovado na semana passada pela Comissão de Meio Ambiente.

Da Redação – ND

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI