POLITÍCA NACIONAL

Para Kajuru, CPI da Petrobras é ´jogo de cena´ de Bolsonaro

Published

on

O senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) defendeu, em pronunciamento nesta terça-feira (21) que o Senado não participe do que ele chamou de ‘jogo de cena’, ao se referir à ideia do governo de criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a política de preços adotada pela Petrobras.

Na sua opinião, o presidente Jair Bolsonaro, no lugar de tentar desvincular sua responsabilidade pelos sucessivos aumentos no preço dos combustíveis às vésperas da eleição, com a CPI, deveria ter usado seu tempo, desde o início do governo, para acabar com a política do preço de paridade de importação, que internaliza os custos de compra de combustíveis pela estatal.

Jorge Kajuru também estranhou o fato de Jair Bolsonaro querer criar uma CPI com o objetivo de investigar uma empresa cuja diretoria é escolhida pelo próprio governo.

— Ou seja, seria a primeira CPI do governo contra o próprio governo — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro veta título de 'heroína da Pátria' para Nise da Silveira
Advertisement

POLITÍCA NACIONAL

Projeto aprovado favorece o desenvolvimento do esporte nas escolas, diz relator

Published

on

Marina Ramos/Câmara dos Deputados
Proposições Remanescentes do Dia Anterior. Dep. Afonso Hamm PP-RS
Afonso Hamm, relator do projeto de lei

Relator do Plano Nacional do Esporte (PL 409/22), o deputado Afonso Hamm (PP-RS) destacou que a proposta determina o desenvolvimento do esporte nas escolas, com equipamentos e aparelhos para que a população não seja mais sedentária, e com políticas que promovam o desenvolvimento e a qualidade de vida pelo esporte. O projeto estabelece diretrizes e metas para o esporte nos próximos dez anos.

“Nasce aqui um plano nacional do esporte para o Brasil, para todos os brasileiros, para que a gente possa efetivamente estabelecer políticas que estimulem o País, que já é o País do futebol, a ser indutor do esporte de forma inclusiva e democrática”, disse.

O deputado afirmou que o texto aprovado pela Câmara é resultado de discussões com grande participação de entidades, dos parlamentares e do Poder Executivo. Ele disse ainda que está disposto a participar da negociação para que o texto seja votado em breve pelo Senado Federal.

Afonso Hamm ressaltou que a sua formação educacional e política está vinculada ao esporte. Ele foi atleta da Universidade Federal de Pelotas e afirmou que o esporte custeou sua alimentação e alojamento nessa fase da vida. “O esporte faz diferença na vida das pessoas”, disse.

Leia Também:  Bolsonaro veta título de 'heroína da Pátria' para Nise da Silveira

Inclusão social
O líder do PT, deputado Reginaldo Lopes (MG), também destacou a aprovação da proposta. “O esporte ajuda no processo educacional e é importante para a gente romper o ciclo da pobreza e das desigualdades”, disse.

O deputado Felipe Carreras (PSB-PE) também elogiou a medida. “O esporte é uma ferramenta de inclusão social e de libertação social”, disse. Ele é relator da proposta que atualiza a Lei Pelé (PL 1153/19) e que poderá ser votada em Plenário na semana que vem.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Pierre Triboli

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI