Política

Chapa Mara governadora e Marcia senadora já está quase fechada

Published

on

A professora Marcia Bittar (PL) deve ser candidata a senadora em uma coligação com a pré-candidata ao governo do Acre, Mara Rocha (MDB). O acordo está praticamente fechado e deve ser anunciado até a próxima sexta-feira (5), último dia das convenções partidárias conforme prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral.

O acordo a priori envolve uma aliança entre MDB, PL e Republicanos e provavelmente o União Brasil.

Já o pecuarista Fernando Zamora, do PRTB, é o mais cotado para ser vice de Mara Rocha. “As conversas estão bem adiantas, mas eu acho que se confirma tudo na convenção”, afirmou Zamora, que estaria desistindo da disputa ao Senado.

MDB deve ir ao pleito com PSC, PL, Republicanos e PRTB, pelo menos por enquanto.

União Brasil e MDB

O senador Marcio Bittar, presidente regional do União Brasil, está em Brasília. Ainda não comunicou se irá ou não ser candidato a governador do Acre.

Nos bastidores há comentários de que Bittar estaria disposto a concorrer ao Palácio Rio Branco para impedir que Alan Rick, correligionário do senador licenciado, seja vice de Gladson.
Outro plano do senador seria indicar Eduardo Velloso para vice de Mara Rocha. Dessa forma, o União Brasil integraria o arco aliança com o MDB.

Leia Também:  Alan desabafa, fala de traições e dispara: “lealdade não está na aparência, tapinhas nas costas ou sorriso falso”

Jenilson descartado

Flaviano Melo tentou, mas não conseguiu convencer Mara Rocha a se aliar a Jenilson Leite (PSB). A emedebista se impôs. Não quis coligação com os socialistas.

Notícias da Hora

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Política

Mesmo sem vice, União Brasil decide lançar Marcio Bittar para concorrer ao governo do Acre

Published

on

Mudando o posicionamento de que não sairia como candidato ao governo, o União Brasil (UB) lançou, nesta sexta-feira (5), o senador Marcio Bittar, presidente do partido no estado, para concorrer ao cargo do Executivo. No mesmo evento, o deputado federal Alan Rick, foi apresentado para concorrer uma vaga em Senado, mas a chapa não tem um vice definido.

A convenção ocorreu na tarde desta sexta na sede do partido, no bairro Bosque, em Rio Branco após um impasse dentro do próprio partido. Alan Rick era cotado para sair vice na chapa do Progressistas encabeçada por Gladson Cameli, que vai concorrer à reeleição ao governo este ano. Porém, o presidente do UB destituiu Alan do diretório e, com isso, foi mudado o cenário. Um dia antes da convenção, Marcio decidiu que sairia para o governo e Alan confirmou sua disputa para o Senado. Porém, afirmou que a manobra de Bittar foi um “golpe” e uma decisão “arbitrária”.

A oficialização das candidaturas ocorreu no último dia do prazo estipulado pelo Tribunal Regional Eleitoral. Após isso, todos os partidos precisam encaminhar os documentos ao tribunal.

Leia Também:  Bittar rebate JV e afirma que fará de tudo para que a esquerda não volte a governar o Acre

G1

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI