RIO BRANCO

Ex-funcionários da LIQ ameaçam entrar com processo contra TIM para receber rescisões

Published

on

A empresa LIQ volta a ser alvo de reclamação por parte de seus funcionários. Além dos atrasos de salários, os servidores que estão deixando a empresa reclamam de não receberem seus direitos trabalhistas.

Elizângela Saldanha fazia parte da empresa até o último dia 1º. Ela conta que existem em apenas um grupo 52 ex-servidores que foram demitidos e não receberam nenhum real de rescisão trabalhista. “Depois de trinta dias, a gente recebe uma homologação para entrar com o pedido do seguro desemprego, mas nem um real de rescisão. Eu não recebi, por exemplo, o salário de maio. O mais grave é que muitas pessoas entraram na justiça e mesmo ganhando a causa, ainda não conseguiu receber seus direitos”, diz.

Elizângela conta que outro problema é que a empresa não deposita o FGTS dos funcionários. “Eu saí da empresa com mais de dois anos de trabalho e simplesmente tem 15 centavos na minha conta. Ou seja, não tem rescisão e não se pode sacar o FGTS por que o saldo não foi depositado”, afirma.

Leia Também:  Detran divulga lista de selecionados no projeto CNH Social

A ex-funcionária diz que como não há possibilidade de diálogo com a LIQ, o grupo pensa em acionar a empresa TIM na justiça. “Nós estamos pesquisando e já descobrimos que a TIM tem uma responsabilidade subsidiária, já que a LIQ presta serviço terceirizado. Então nós vamos ter que acionar a operadora TIM para que a gente consiga receber os nossos direitos”, explica Elizângela.

A reportagem tentou contato com a LIQ, mas não obteve sucesso. O espaço segue aberto, caso a empresa tenha interesse em se manifestar.

Por AC 24 Horas

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

RIO BRANCO

Servidores da saúde de Rio Branco denunciam cortes irregulares nos salários

Published

on

Cerca de 46 servidores da saúde de Rio Branco denunciaram que sofreram cortes irregulares nos salários do mês de junho.

Os funcionários teriam percebido os cortes ao acessarem os contracheques.

Ao ser procurado, o secretário de gestão administrativa, Jonathan Santiago disse que houve um problema na folha de pagamento deste mês, mas que seria resolvido, e que até o próximo dia 30 o restante dos salários será pago.

Com informações AC 24 Horas

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Caso Jonhliane: Segundo dia de julgamento começa com depoimento de Ícaro
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI