Sem Categoria

Lista do repórter beijoqueiro tem Alex Thomas, Jorge Viana, Bimbi, Alan Rick e presidente da Câmara Federal

Published

on

O beijoqueiro com o dono da Havan


Diego Lins é um intrépido repórter beijoqueiro, jogado à “própria sorte” pelo não menos destemido blogueiro Evandro Cordeiro, um dos parceiros deste acjornal.com. Sem rodeios, passamos à entrevista super divertida com um dos personagens mais simpáticos da imprensa no momento. Leia
acjornal – Como nasceu o quadro do beijoqueiro?
Diego Lins – Sempre que eu falo com as pessoas, tenho o hábito de cumprimentá-las e beijá-las. Isso acontece sem maldade, no dia-a-dia, independente de ser uma figura pública. E numa entrevista, hoje em dia, raramente o entrevistador beija o entrevistado. E eu faço isso com naturalidade. As pessoas se surpreendem, mas acham uma iniciativa legal, por que descontrai e tira um pouco daquela informalidade habitual. Eu beijei o Wesley, do Balanço Geral (TV Gazeta), e ele me retribuiu com outro gesto igual. É muito bacana. Faço cada vez mais amigos. A primeira pessoa que eu beijei foi o Petecão.
Acjornal – Como você publicava suas entrevistas?
Diego Lins – Eu postava no meu Facebook. Fazia as transmissões ao vivo ou gravadas, por que eu me sinto muito bem em estar conversando com as pessoas, não importa a sua importância para a sociedade. Foi quando o meu amigo Evandro me convidou para fazer o quadro do beijoqueiro para o blog dele e perguntou se eu não tinha problema em sair por aí beijando todo mundo. Eu disse que isso não seria problema. Eu falei pra ele que não tenho preferência. Quero beijar do Nêgo Bau até o reitor da Ufac. O reitor foi beijado hoje (quinta-feira), numa entrevista bem bacana.
Acjornal – Como sua esposa reage?
Diego Lins – Ela pergunta se não tinha outra maneira de entrevistar sem dar o beijo. Eu disse “meu amor, o beijo é que faz o sucesso…(rs)”. Ela passa mensagens direto quando eu to na rua. Eu falo que a primeira mulher que eu beijar ela vai ser destaque..rsrs.
acjornal – Rola selinho?
Diego Lins – Não, selinho ainda não (risos). Mas aqui e acolá quando a gente vai beijar a pessoa vira o rosto e quase pega na boca (risadas). Pega na bochecha, mas ainda não pegou na boca. Isso aparece nos vídeos. Acho que o Evandro não edita de propósito..rs
Acjornal – E entre os políticos?
Diego Lins – (Pensativo) Essa pergunta é  difícil. Mas o Jorge Viana eu tenho vontade de entrevistar. O Alex Thomas também, pois ele é um cara muito legal e querido. No dia 25 agora vai ter a filiação do Alan Rick. Terá a presença do presidente da Câmara Federal e o Agripino Maia. O repórter beijoqueiro vai estar lá. Eu mandei também mensagem pro nosso modelo acreano e nosso amigo Marcelo Bimbi. Tô esperando a entrevista.
 
 

Leia Também:  Acidente na BR 364 mata diretor da Rádio Boas Novas. Filho menor sobrevive

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

manchete

Com 75% das escolas fechadas devido à greve, prefeito de Rio Branco recua e propõe pagar piso em duas parcelas

Published

on

O impasse entre a Prefeitura de Rio Branco e os servidores da rede pública de Educação continua e cerca de 75% das escolas seguem sem aulas na capital por conta da greve. Nesta terça-feira (29), o prefeito Tião Bocalom afirmou que recuou e que vai pagar o piso aos professores em duas parcelas ainda este ano.
Esta era uma das pautas dos trabalhadores, mas, segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, a proposta ainda não foi formalizada e entregue ao sindicato e, pelo que foi divulgado, ela não contempla o que a categoria tem pedido. Por isso, a greve está mantida.
Os servidores municipais de Educação estão em greve desde o dia 24 do mês passado. Desde então, a categoria tem feito vários protestos pela cidade, inclusive junto com servidores da Educação estadual, que também estão com as atividades paralisadas.
A categoria pede:
– Reformulação de Plano de Cargo Carreira e Remuneração (PCCR);
– Piso nas carreiras aos professores, com 50% de diferença do nível médio para superior;
– Piso de uma única parcela aos professores;
– Piso dos funcionários de escolas que é de R$ 1.400, a proposta do Sinteac é de R$ 1.956;
– E se coloca contra a proposta da prefeitura de aumentar tempo de serviço para progressão salarial;
– Convocação efetiva do concurso de 2018.
A categoria voltou a protestar nesta terça em frente à Câmara de Vereadores de Rio Branco.
“A categoria disse que aceitaria o pagamento do piso em até duas parcelas. Além disso, que fosse avançada a pauta dos funcionários de escola, com piso de R$ 1,7 mil e R$ 1,8 mil. Aí, o prefeito está avançando com professores, mas não avançou com funcionários de apoio. Nós construímos algo com a categoria, que só vai sair da greve, avançando tanto na proposta dos professores como dos funcionários. Nós já abrimos mão demais”, disse Rosana.
Fonte: G1 Acre

Leia Também:  Sem rastros: assaltantes invadem Fórum da Comarca do Bujari e levam circuito interno

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI