Sem Categoria

Prefeitura lança programação do Novembro Azul

Published

on

A fachada da sede da Prefeitura de Rio Branco já está com iluminação em referência ao Novembro Azul. Um lembrete a todos sobre a importância do cuidado com a saúde do homem. A prefeita Socorro Neri e o secretário de Saúde, Oteniel Almeida, lançaram a programação da campanha “Novembro Azul” no início da noite desta segunda-feira, 4.
“Neste mês queremos chamar a atenção dos homens para o cuidado necessário com a saúde. Queremos que os homens sejam protagonistas da sua própria saúde” ressaltou a prefeita Socorro Neri que explicou “todas as unidades básicas estarão desenvolvendo uma extensa programação de atendimentos para que os homens busquem as unidades de saúde e se cuidem”.
O vereador Rodrigo Forneck, prestigiou o evento e lembrou que “o Novembro Azul nasceu para combater paradigmas de que na família apenas a mulher tem de cuidar da saúde. Existe para chamar a atenção e lembrar que o homem tem de cuidar da sua saúde integral” e disse “a gente fica feliz de a Prefeitura encabeçar esse processo nas unidades, porque a gente avança muito na saúde da sociedade cuidando da saúde preventiva e não apenas da curativa”.
Programação 2019
O Ministério da Saúde compreende a relevância de ampliar o debate acerca da saúde integral do homem. Neste contexto, com o tema “Homens como protagonistas do cuidado de sua saúde em todas as fases da vida”, a Prefeitura de Rio branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realiza diversas ações ao longo do ano em prol da saúde masculina, e fortalece ações de saúde preventiva neste mês de novembro.
“Temos 56 unidades de saúde espalhadas em toda cidade, para receber o atendimento nas ações da rede municipal basta ficar atento a programação na unidade mais próxima. Tem unidade que vai ter atividade à noite, outra pela manhã. Esta semana, por exemplo, teremos o Dia H no Barral y Barral, um dia inteiro de programação específica para os homens”, pontuou o secretário Oteniel Almeida.
A exemplo do lançamento do Outubro Rosa, ao longo de toda segunda-feira, 4, os servidores da sede da Prefeitura contaram com oferta de serviços de saúde do Novembro Azul. O motorista Raimundo Lopes, que há seis anos trabalha na gestão municipal, reconheceu o esforço da prefeita em ofertar aos serviços de saúde aos servidores.
“É muito bom uma ação dessa”, resumiu o “Seu Raimundo” como é chamado pelos colegas de trabalho. Há quatro anos, Seu Raimundo passou por um susto e precisou operar a próstata com urgência. “Fiz tudo o que foi preciso, tive problemas com a próstata, mas não era câncer. Às vezes a gente vai deixando para depois, mas é preciso se cuidar”.
Ações de saúde acontecerão em toda a cidade e incluem consultas médica, consultas de enfermagem, atendimento odontológico, realização de testes rápidos (HIV, sífilis, hepatites B e C), testes de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, farmácia, vacinação, realização de exames preventivos no combate ao câncer de próstata, ações educativas, recreativas, esportivas e que elevem a autoestima dos pacientes. Atividades serão realizadas em parceria com secretarias municipais e instituições envolvidas na campanha.

Leia Também:  Prefeitura de Rio Branco nega tratativa com Sesacre para repasse das UPA´s

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

manchete

Com 75% das escolas fechadas devido à greve, prefeito de Rio Branco recua e propõe pagar piso em duas parcelas

Published

on

O impasse entre a Prefeitura de Rio Branco e os servidores da rede pública de Educação continua e cerca de 75% das escolas seguem sem aulas na capital por conta da greve. Nesta terça-feira (29), o prefeito Tião Bocalom afirmou que recuou e que vai pagar o piso aos professores em duas parcelas ainda este ano.
Esta era uma das pautas dos trabalhadores, mas, segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, a proposta ainda não foi formalizada e entregue ao sindicato e, pelo que foi divulgado, ela não contempla o que a categoria tem pedido. Por isso, a greve está mantida.
Os servidores municipais de Educação estão em greve desde o dia 24 do mês passado. Desde então, a categoria tem feito vários protestos pela cidade, inclusive junto com servidores da Educação estadual, que também estão com as atividades paralisadas.
A categoria pede:
– Reformulação de Plano de Cargo Carreira e Remuneração (PCCR);
– Piso nas carreiras aos professores, com 50% de diferença do nível médio para superior;
– Piso de uma única parcela aos professores;
– Piso dos funcionários de escolas que é de R$ 1.400, a proposta do Sinteac é de R$ 1.956;
– E se coloca contra a proposta da prefeitura de aumentar tempo de serviço para progressão salarial;
– Convocação efetiva do concurso de 2018.
A categoria voltou a protestar nesta terça em frente à Câmara de Vereadores de Rio Branco.
“A categoria disse que aceitaria o pagamento do piso em até duas parcelas. Além disso, que fosse avançada a pauta dos funcionários de escola, com piso de R$ 1,7 mil e R$ 1,8 mil. Aí, o prefeito está avançando com professores, mas não avançou com funcionários de apoio. Nós construímos algo com a categoria, que só vai sair da greve, avançando tanto na proposta dos professores como dos funcionários. Nós já abrimos mão demais”, disse Rosana.
Fonte: G1 Acre

Leia Também:  Após tirar 200 servidores de folha, prefeito de Cruzeiro do Sul será denunciado ao MP

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI