TECNOLOGIA

Elon Musk acusa Twitter de fraude e partes trocam farpas

Published

on

Elon Musk acusa Twitter de fraude
Reprodução/Instagram – 26.04.2022

Elon Musk acusa Twitter de fraude

Elon Musk acusa o Twitter de fraude por supostamente ocultar o real número de contas falsas na rede social. A acusação aparece na resposta dada pela equipe jurídica do bilionário ao processo que a empresa moveu contra ele nos Estados Unidos, divulgada nesta quinta-feira (4). As informações são do jornal The New York Times.

Enquanto o Twitter sustenta que menos de 5% das contas ativas na rede social são bots, a equipe de Musk alega que este número pode chegar a 10%. No documento, é citado um levantamento do Botometer, ferramenta desenvolvida pela Universidade de Indiana, para chegar ao valor.

Para Musk, a distorção nos dados esconderam fraquezas do modelo de negócios do Twitter, enganando o bilionário. “O Twitter estava contando erroneamente o número de contas falsas e de spam em sua plataforma, como parte de seu esquema para enganar os investidores sobre as perspectivas da empresa”, escreveram os advogados de Musk.

Leia Também:  Elon Musk nega caso com esposa de cofundador do Google: 'Somos amigos'

O Twitter, por sua vez, respondeu que o Botometer não é confiável e já chegou a marcar a própria conta de Musk como “altamente provável de ser um bot”. A empresa afirma que Musk tenta “distorcer os dados recebidos do Twitter para patrocinar conclusões malucas”.

Em um comunicado, Bret Taylor, presidente do conselho do Twitter, disse que as alegações de Musk no documento do processo “são factualmente imprecisas, juridicamente insuficientes e comercialmente irrelevantes”.

Os argumentos de Musk aparecem no primeiro documento de resposta ao processo, que deve ser bastante complexo.  O julgamento da batalha entre o bilionário e o Twitter está marcado para outubro e deve durar cinco dias.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

TECNOLOGIA

Como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music

Published

on

Veja como transferir as playlists
Tecnoblog

Veja como transferir as playlists

Migrar para outro serviço de streaming não precisa ser tão trabalhoso quanto se pensa. Com ajuda de alguns sites e aplicativos, você pode fazer isso sem ter que criar todas as suas listas de novo. Veja a seguir como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music sem muito esforço.

Antes de começar, é válido destacar que em qualquer um dos serviços usados para a migração, as músicas de uma plataforma podem não fazer parte do catálogo da outra. Neste caso, estas faixas serão ignoradas e não serão listadas no novo streaming.

Não é possível realizar a migração de playlists entre serviços de streaming de forma nativa, mas com a ajuda de alguns sites, como o TuneMyMusic, você conseguirá fazer de maneira fácil a mudança de plataforma, sem a necessidade de criar manualmente todas as suas listas de novo. Veja como usar:

  1. Acesse o site TuneMyMusic e crie uma conta: Faça seu registro ao clicar no botão de login, no canto superior direito;

  2. Na tela inicial, clique em “vamos começar”;

  3. Selecione a plataforma de origem de suas listas: Aqui, você escolhe a plataforma que usa atualmente, no nosso caso, o Spotify;

  4. Será necessário fazer o login;

  5. Selecione a forma de escolher a playlist: É possível abrir e selecionar diretamente ou copiar a URL da playlist;

  6. Escolha quais músicas serão migradas: Você pode escolher a playlist inteira ou apenas algumas faixas;

  7. Selecione a plataforma de destino: Escolha o serviço para o qual você irá migrar, neste caso, o Amazon Music;

  8. Também será necessário confirmar o login na nova plataforma;

  9. Clique em começar: As músicas serão transferidas e o tempo do processo depende da quantidade de músicas selecionadas.

Leia Também:  ANPD 'absolve' WhatsApp, mas Idec questiona encerramento do caso

O plano gratuito permite que você transfira 500 músicas por vez. No plano Premium, que custa US$ 2 por mês no pagamento anual, é possível fazer toda a transferência de uma vez. De qualquer forma, é uma bela ajuda não precisar criar e configurar todas as listas manualmente.

Soundiiz

O Soundiiz é um site com plano gratuito para transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music, assim como no Tune My Music. Neste caso, a modalidade free permite que seja migrada uma lista por vez. Após fazer o login no Spotify através do site, basta selecionar uma para começar e escolher a plataforma de destino. Repita o processo para todas as suas playlists. Este serviço ainda conta com aplicativo para Android.

SongShift

O SongShift é um aplicativo para iOS que permite a migração de playlists do Spotify para o Amazon Music entre outros serviços de streaming. Para usar, basta fazer o login no serviço de origem, escolher aquela que deseja converter (assim como nos casos anteriores, o plano gratuito permite uma lista por vez), fazer o login na plataforma de destino e iniciar a transferência.

Leia Também:  Musk fala em pagar menos pelo Twitter e ações caem 3%

Como revogar as permissões de acesso na sua conta

Se você desistiu da ideia de transferir playlists do Spotify para o Amazon Music ou simplesmente não quer mais manter os serviços conectados, há como revogar o acesso.

Para o Tune My Music, ao entrar na sua conta, clique no canto superior direito, e então selecione “Configurações de conta”. Basta escolher os serviços conectados e clicar em “Desconectar”. Para os aplicativos, é necessário cancelar as permissões na área de permissão do aplicativo dentro do sistema operacional.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI