TECNOLOGIA

Netflix confirma que está criando plano mais barato e com anúncios

Published

on

source
Netflix terá plano mais barato
Unsplash

Netflix terá plano mais barato

O co-CEO da Netflix Ted Sarandos confirmou nesta quinta-feira (23) que a empresa está realmente desenvolvendo um novo plano mais barato e com anúncios. Rumores da modalidade de assinatura circulam desde que o c o-CEO Reed Hastings afirmou que a empresa estava aberta a este tema , ainda em abril.

Agora, Sarandos afirmou, durante entrevista no festival de publicidade Cannes Lions, que a Netflix está de fato desenvolvendo esta solução. “Deixamos um grande segmento de clientes fora da mesa, que são as pessoas que dizem: ‘A Netflix é muito cara para mim e não me importo com publicidade'”, afirmou, de acordo com o The Hollywood Reporter. “Estamos adicionando uma camada de anúncio; não estamos adicionando anúncios à Netflix como você a conhece hoje. Estamos adicionando um nível de anúncio para pessoas que dizem: ‘Quero um preço mais baixo e assistirei a anúncios'”, disse.

Embora Sarandos não tenha falado em datas para que a nova assinatura chegue ao mercado, uma reportagem do The New York Times publicada no mês passado afirma que a empresa deve oferecer o plano com anúncios ainda este ano.

A Netflix começou a pensar em um plano suportado por anúncios quando  teve sua primeira queda de clientes em uma década, no início deste ano. Antes disso, a empresa negava uma modalidade de assinatura com publicidade.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

TECNOLOGIA

Facebook bane usuários que publicam sobre pílulas abortivas nos EUA

Published

on

Facebook exclui publicações relacionadas a pílulas abortivas
Unsplash

Facebook exclui publicações relacionadas a pílulas abortivas

O Facebook está removendo nos Estados Unidos publicações de usuários que afirmam que pílulas abortivas podem ser enviadas por correio, de acordo com o site Motherboard. As remoções aconteceram depois que a Suprema Corte do país derrubou o direito legal ao aborto , na última sexta-feira (24).

De acordo com um relato de um usuário do Facebook dado ao Motherboard, uma publicação que dizia “Vou enviar pílulas de aborto para qualquer um de vocês. Apenas me mande uma mensagem” foi excluída da rede social na sexta-feira. Ao tentar publicar novamente, o usuário foi banido da plataforma.

O Motherboard, então, tentou realizar alguns testes. A reportagem publicou a frase “pílulas abortivas podem ser enviadas” e, em segundos, o Facebook notificou que a publicação violava os padrões da comunidade, especificamente as regras contra a compra, venda ou troca de medicamentos.

Apesar disso, a reportagem conseguiu publicar outros termos, como “comprimidos analgésicos podem ser enviados”, “pílulas” e “aborto”. Depois de tentar publicar a frase completa mais uma vez, a conta foi suspensa por 24 horas.

A política do Facebook que proíbe este tipo de publicação diz o seguinte: “Para incentivar a segurança e a conformidade com as restrições legais comuns, proibimos tentativas de indivíduos, fabricantes e varejistas de comprar, vender ou comercializar medicamentos e maconha”. Nos Estados Unidos, alguns estados permitem o envio de pílulas abortivas pelos correios, enquanto outros impedem. O Facebook ainda não comentou oficialmente o caso.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI