manchete

Acre proíbe cultos e missas aos sábados e domingos e fixa horário do comércio. Veículo só abastecem após às 10h e final de semana fecha tudo

Published

on

Em todo o Estado do Acre, as atividades abaixo poderão funcionar somente entre 9h e 17h, já a partir desta quarta-feira: restaurantes, lanchonetes e similares, bares, distribuidoras de bebidas e similares, shopping centers, academias, comércio atacadista e varejista de gêneros alimentícios.
Entre 7h e 10 da manhã, os postos de gasolina somente poderão abastecer veículos oficiais das áreas da saúde e da segurança pública, assim como de veículos que estejam a serviço de concessionárias de serviços públicos essenciais, sendo restrito o atendimento.
Os eventos religiosos em templos ou locais públicos, de qualquer credo ou religião, poderão ser realizados até às 22h, diz o decreto.
Nos sábados, domingos e feriados, toda atividade comercial deve permanecer fechada, sem exceção. Missas e cultos evangélicos, também.
A medida consta em decreto publicado nesta manhã para conter o avanço da Covid no estado. O decreto proíbe a ocupação e a permanência de pessoas, em qualquer número, em espaços públicos ou particulares destinados à recreação e ao lazer.
O governador Gladson Cameli segue as orientações do Comitê Acre sem Covid, com base no momento crítico da bandeira vermelha e a classificação de emergência que os 22 municípios atravessam há mais de um mês.
“A situação critica. Temos 99,9% dos leitos ocupados. Quanto mais abrimos vagas, mas elas ficam ocupadas. Apelamos mais uma vez para a consciência de cada um”, disse o secretário Alysson Bestene (Saúde).

Leia Também:   Ladrões roubam fios e equipamentos da Rádio Difusora Acreana e maior emissora do estado está fora do ar

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. Guimarães

    10 de março de 2021 at 10:15 am

    Só abre de 09 as 17, então se 100 pessoas iriam à academia entre 06 e 22, as mesmas 100 pessoas irão no período de 09 as 17 horas, ou seja, MAIS AGLOMERAÇÃO. Cadê a coerência e o bom senso? Quanto mais ficar aberto o comércio, menos haverá aglomeração. Tá nítido que o governo não quer a cura, mais o CAOS.

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

manchete

Servidores da Educação e Saúde do AC mantém greve após aprovação de reajuste e auxílio alimentação

Published

on

Servidores da Educação e Saúde do estado decidiram manter a paralisação das atividades e atendimentos após aprovação dos reajustes salariais e auxílio alimentação pelos deputados na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). As categorias se reúnem na próxima semana para discutir os próximos passos da greve.
A greve da Educação começou no dia 16 de fevereiro. O motivo é a paralisação dos servidores da pasta por melhorias salariais, concurso público e outras reivindicações. Por conta da paralisação, o início das aulas foram adiadas do dia 4 de abril para o dia 11.
“Vamos fazer a assembleia na segunda-feira [4] às 9h no Centro. Não era o que queríamos, queremos manter nossa estrutura de carreira, os percentuais entre os níveis, manter os percentuais entre nossas referências e, infelizmente, nos tiraram tudo. Vamos apresentar e discutir como ficou o projeto”, afirmou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento.
Os sindicatos dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) e dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) também se posicionaram a favor da paralisação. Para o Sindmed-AC, a reposição de 5,42% é ofensiva e o governo descumpriu o acordo.
“O descumprimento do acordo representou uma grande decepção para a categoria, uma ofensa, pois já havia concordância, por meio de negociação fechada, em junho do ano passado, que existiria a reposição inflacionária dos dois últimos anos”, pontuou o vice-presidente do sindicato, Rodrigo Prado.
O presidente do Sintesac, Adailton Cruz, disse que a categoria se reúne na próxima terça-feira (5) em uma assembleia geral para discutir se continua ou não com o movimento. “O reajuste aprovado não é o que o governo se comprometeu, não é nem a metade do que foi acordado. Os trabalhadores estão muito decepcionado”, revelou.
Com informações G1 Acre

Leia Também:  Diretor da Zeladoria entrega o cargo e faz agradecimento público a Bocalom

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI