manchete

Acre recebe novo lote de vacinas contra Covid-19

Published

on

O décimo segundo lote de vacinas contra Covid-19 chegou ao Acre nesta sexta-feira, 9, com 6.250 doses da Fiocruz/Astrazeneca e 5.000 do Instituto Butantan/Coronavac. Para a imunização de novas pessoas serão utilizadas 5 mil doses. As demais, que correspondem a 6.250 vacinas, serão utilizadas para segundas doses de etapas anteriores.

Cronograma de vacinação fica a cargo dos municípios. Foto: Junior Aguiar/Secom

A vacinação contra a covid-19 foi iniciada em 19 de janeiro de 2021, com doses recebidas, até 8 de abril, que somam um quantitativo de 174.790 para vacinação com 1ª dose de 111.850 pessoas, e 2ª dose de 62.940 pessoas. Esta discrepância acontece por haver um intervalo maior – 90 dias – entre as doses da vacina da Fiocruz, permitindo ao Ministério da Saúde o envio em momento posterior.

Novo lote chegou por volta das 13h25. Foto: Junior Aguiar/Sesacre

Foram distribuídas pelo Estado, até 30 de março, 106.237 para 1ª dose e 45.163 doses para 2ª dose, considerando que das 10.798 doses da população indígena sob guarda do Estado, foi autorizado pelo Ministério da Saúde o empréstimo de 2.204 doses, as quais foram direcionadas às Forças de Segurança e Salvamento e Forças Armadas.
Da Secom

Leia Também:  Profissionais de enfermagem protestam contra suspensão do piso salarial, enquanto Congresso busca recursos

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

manchete

Servidores da Educação e Saúde do AC mantém greve após aprovação de reajuste e auxílio alimentação

Published

on

Servidores da Educação e Saúde do estado decidiram manter a paralisação das atividades e atendimentos após aprovação dos reajustes salariais e auxílio alimentação pelos deputados na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). As categorias se reúnem na próxima semana para discutir os próximos passos da greve.
A greve da Educação começou no dia 16 de fevereiro. O motivo é a paralisação dos servidores da pasta por melhorias salariais, concurso público e outras reivindicações. Por conta da paralisação, o início das aulas foram adiadas do dia 4 de abril para o dia 11.
“Vamos fazer a assembleia na segunda-feira [4] às 9h no Centro. Não era o que queríamos, queremos manter nossa estrutura de carreira, os percentuais entre os níveis, manter os percentuais entre nossas referências e, infelizmente, nos tiraram tudo. Vamos apresentar e discutir como ficou o projeto”, afirmou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento.
Os sindicatos dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) e dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) também se posicionaram a favor da paralisação. Para o Sindmed-AC, a reposição de 5,42% é ofensiva e o governo descumpriu o acordo.
“O descumprimento do acordo representou uma grande decepção para a categoria, uma ofensa, pois já havia concordância, por meio de negociação fechada, em junho do ano passado, que existiria a reposição inflacionária dos dois últimos anos”, pontuou o vice-presidente do sindicato, Rodrigo Prado.
O presidente do Sintesac, Adailton Cruz, disse que a categoria se reúne na próxima terça-feira (5) em uma assembleia geral para discutir se continua ou não com o movimento. “O reajuste aprovado não é o que o governo se comprometeu, não é nem a metade do que foi acordado. Os trabalhadores estão muito decepcionado”, revelou.
Com informações G1 Acre

Leia Também:  Com câncer no cérebro e Covid, Duda Mendonça, criador do "Lulinha Paz e amor", é intubado

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI