manchete

Com economia forte e principal berço turístico do Acre, Cruzeiro do Sul comemora seus 117 anos

Published

on

Fundada em 28 de setembro de 1904, Cruzeiro do Sul é hoje a segunda maior cidade do Acre com 90 mil habitantes e principal berço econômico da região do Vale do Juruá. A cidade que é considerada hospitaleira, rica em belezas naturais, vem alavancando a economia do turismo étnico e descobriu ser esta uma grande oportunidade de crescimento.
Ainda por conta da pandemia, a prefeitura preparou uma vasta programação, que iniciou dia 20 e se estende até 30, todas adaptadas para evitar grandes aglomerações. São atividades esportivas e culturais, com a participação de artistas locais. É o aniversário de 117 anos da cidade.
Cruzeiro do Sul sofreu bastante influência dos missionários alemães, que chegaram a partir da década de 30 e foram importantes no crescimento da cidade, com a construção de Igrejas, seminários, colégios e conventos, o que deixou o lugar com uma arquitetura única no estado – e permanecem sendo os principais cartões postais para quem chega de fora.
O turismo étnico é hoje o maior atrativo de visitantes do país inteiro e de vários países europeus, que chegam para desfrutar das belezas naturais do local, além de conhecer a cultura sagrada da Ayahuasca, vacina do kampô e rapé.
Os balneários da cidade também são atrativos turístico, principalmente o Igarapé Preto, João Machado, dentre outros.
Politicamente a cidade está bastante movimentada, pois receberá toda estrutura da Assembleia Legislativa, que realizará sessões solenes e audiências públicas durante o decorrer da semana.
É a cidade natal do governador Gladson Camlei, do presidente da ALEAC Nicolau Júnior . Administrada pelo bem avaliado prefeito Zequinha Lima (PP), a cidade caminha para ser o maior polo econômico do estado, a partir da sonhada ligação terrestre com o Peru.
Parabéns, Cruzeiro do Sul !

Leia Também:  Diário Oficial publica nomeação dos novos defensores públicos do Acre convocados pelo governador

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

manchete

Servidores da Educação e Saúde do AC mantém greve após aprovação de reajuste e auxílio alimentação

Published

on

Servidores da Educação e Saúde do estado decidiram manter a paralisação das atividades e atendimentos após aprovação dos reajustes salariais e auxílio alimentação pelos deputados na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). As categorias se reúnem na próxima semana para discutir os próximos passos da greve.
A greve da Educação começou no dia 16 de fevereiro. O motivo é a paralisação dos servidores da pasta por melhorias salariais, concurso público e outras reivindicações. Por conta da paralisação, o início das aulas foram adiadas do dia 4 de abril para o dia 11.
“Vamos fazer a assembleia na segunda-feira [4] às 9h no Centro. Não era o que queríamos, queremos manter nossa estrutura de carreira, os percentuais entre os níveis, manter os percentuais entre nossas referências e, infelizmente, nos tiraram tudo. Vamos apresentar e discutir como ficou o projeto”, afirmou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento.
Os sindicatos dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) e dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) também se posicionaram a favor da paralisação. Para o Sindmed-AC, a reposição de 5,42% é ofensiva e o governo descumpriu o acordo.
“O descumprimento do acordo representou uma grande decepção para a categoria, uma ofensa, pois já havia concordância, por meio de negociação fechada, em junho do ano passado, que existiria a reposição inflacionária dos dois últimos anos”, pontuou o vice-presidente do sindicato, Rodrigo Prado.
O presidente do Sintesac, Adailton Cruz, disse que a categoria se reúne na próxima terça-feira (5) em uma assembleia geral para discutir se continua ou não com o movimento. “O reajuste aprovado não é o que o governo se comprometeu, não é nem a metade do que foi acordado. Os trabalhadores estão muito decepcionado”, revelou.
Com informações G1 Acre

Leia Também:  Defensoria em Cruzeiro do Sul oferece apenas 5 fichas e irrita quem passou a madrugada na fila

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI